facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1230 - Já nas bancas!
04/12/2019

Editorial - Infraestrutura adequada para atender as necessidades dos alunos

Editorial - Infraestrutura adequada para atender as necessidades dos alunos

O acesso à educação é um direito de qualquer brasileiro, tenha deficiência ou não. Contudo, os poderes públicos têm tido dificuldades para garantir esse direito, especialmente para pessoas com alguma deficiência intelectual severa ou moderada.

No Brasil, foram os pais dessas crianças que se mobilizaram para trazer algum tipo educação especializada. Com o tempo, pesquisas e conhecimentos foram avançando e a inclusão em escolas regulares também virou uma opção aos pais. Hoje, uma criança com deficiência tem o direito de frequentar escolas regulares ou escolas especializadas.

Apesar de parecer simples, essa escolha ainda é um desafio. Um dos gargalos está na infraestrutura para conseguir atender bem estes alunos tanto nas escolas especializadas quanto nas escolas regulares. O financiamento para a educação passa por dificuldades e em diferentes estados, por mais que sejam os maiores orçamentos, ainda há problemas.

Diante de todo este contexto, a inauguração na última semana da nova sede da Apae, em Inácio Martins é mais uma conquista para a educação, para pessoas com deficiência. O local deverá dar mais conforto e trazer uma melhor infraestrutura para o ensino dos alunos. Além disso, o novo ambiente também proporciona possibilidades de ensino que ajudam a equipe em todo o trabalho a ser feito.

O que é também interessante ressaltar é que este projeto não foi só de uma gestão. Desde 2012, o projeto está em discussão, e diferentes gestões municipais e estaduais trouxeram recursos que ajudaram na concretização do projeto neste ano. O trabalho conjunto mostrou que é possível trabalhar para algo que beneficie toda a comunidade.

Óbvio que esta inauguração não soluciona todo o gargalo que existe nesta área, tanto apenas em Inácio Martins, quanto em outros municípios do Paraná e do país. Um dos desafios ainda é garantir que sejam os pais que escolham entre educação especializada ou inclusiva, e não seja imposto de uma forma ou outra, por falta de infraestrutura.

Mesmo assim, para o município, a inauguração demonstra um avanço dentro dessa discussão e que pode futuramente trazer mais conquistas, especialmente às pessoas com deficiências.