facebook
07/01/2021

Parceira entre Estado e Município realiza a castração de 111 cães e gatos em Imbituva

Parceira entre Estado e Município realiza a castração de 111 cães e gatos em Imbituva

Para o controle populacional de cães e gatos e prevenção de zoonoses, o Governo do Paraná criou o Programa Permanente de Esterilização de Cães e Gatos, realizado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo. O programa irá castrar mais de 15 mil animais em 45 municípios paranaenses. Imbituva foi um dos municípios que recebeu a ação nesta semana, nos dias 06 e 07. Ao todo 111 animais foram esterilizados. 

O secretário de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, destaca que a iniciativa “visa controlar a população desenfreada de cães e gatos, e principalmente chamar a atenção para este tema muito importante,  que é o cuidado com os animais”.

Segundo o chefe regional do Instituto Água e Terra (IAT) em Irati, Jonas André Bankersen, além das vantagens relacionadas ao controle da população de cães e gatos, a ação também busca a prevenção de zoonoses.  “Sendo um serviço voltado a regiões mais carentes que necessitam do apoio do Estado para garantir melhores condições e qualidade vida para os cidadãos paranaenses”, disse.

Como funciona

A secretaria envia às prefeituras conveniadas um formulário padrão para que cadastrem os animais de acordo com critérios pré-estabelecidos - animais de rua, de tutores de baixa renda ou de entidades protetoras.

“Este programa tem como intuito de suprir a demanda das pessoas que não têm condições financeiras de efetuar o procedimento clínico de castração nos animais domésticos”, explicou o chefe regional do IAT em Irati, Jonas André Bankersen.

Os municípios também têm como responsabilidade a indicação de um local apropriado para a execução do procedimento.

Em Imbituva, o local foi um barracão localizado ao lado Igreja Matriz.

PET amigo 

Todos os animais devem ser cadastrados no Pet Amigo – Cadastro Estadual de Animais de Companhia. Os que forem castrados receberão um microchip, cujo número também deverá constar neste cadastro.

O Pet Amigo também permite a divulgação de pets desaparecidos e encontrados, como forma de potencializar e agilizar a localização de animais domésticos que se perdem ou são retirados de seus tutores.

Texto: Da Redação/Hoje Centro Sul, com informações AEN

Foto: Divulgação

COMENTÁRIOS