facebook

Vai viajar nas férias? Um bom planejamento ajuda a garantir descanso físico e mental sem transtornos

23/11/2023

Vai viajar nas férias? Um bom planejamento ajuda a garantir descanso físico e mental sem transtornos

Com o ano acabando, muita gente pretende viajar para aproveitar o período de férias e, independentemente do destino escolhido, seja ele nacional ou internacional, realizar um planejamento adequado pode evitar que o descanso se transforme em fonte de preocupações.

Cristiane Stefanhak, sócia-proprietária de uma agência de viagens em Irati e União da Vitória, explica que para poder relaxar e aproveitar as férias é preciso dar atenção a algumas questões. “Planejar uma viagem pode ser uma experiência gratificante, mas requer algum esforço e atenção aos detalhes. É sempre bom ter um orçamento em mente, segurança pessoal e critérios de saúde para que não haja surpresas. É saber ter o equilíbrio entre a organização antecipada e a flexibilidade para aproveitar”, detalha.

O conhecimento prévio do local a ser visitado também pode ser um diferencial para uma boa experiência, sugere o bacharel em Turismo, Adriano Pinto Godói. “Importante é que a pessoa não saia viajar sem um conhecimento prévio, pelo menos do local. Quando você escolhe um destino, você quer ir para aquele lugar porque quer ter alguma experiência nova, ter um momento diferente, seja sozinho, seja com a família. É importante saber pelo menos sobre a infraestrutura do local, ver o tipo de passeio, se é realmente o que você quer”, aconselha.

Com a internet, explorar lugares sem sair de casa tornou-se mais acessível. É possível descobrir, por meio de avaliações de outros visitantes, a estrutura de cada local, além de planejar itinerários e rotas com antecedência. “Você pode conhecer a infraestrutura, os atrativos previamente, pode ver os relatos das experiências das outras pessoas. Hoje é bem fácil encontrar no Google pessoas relatando informações quando você está procurando um destino turístico. Você vai encontrar informações sobre as acomodações, sobre preços. É muito importante para não acabar se frustrando”, detalha Adriano.

Antecipar-se para a aquisição de passagens, a reserva de hotéis e a verificação de documentação essencial para viagens internacionais, são cuidados que podem evitar transtornos. “Isso também influencia na experiência. Você planeja a viagem por meses e de repente percebe que deixou para a última hora para tentar achar alguma coisa. Pode ser que você não consiga e se frustre. Para evitar isso, é importantíssimo fazer reservas e acomodações, comprar passagem, até para não chegar na hora e ter esse problema”, explica Adriano.

Prevenção

Integrar à planificação de uma viagem fatores como segurança e saúde, alinhados ao destino escolhido, também é uma prática essencial. “Ter um dinheiro sempre reserva para emergências, levar protetor solar, levar tudo o que for necessário; se vai para um local montanhoso, planejar até o que pode acontecer de imprevisto, levar medicamentos etc. É muito importante pensar antes de agir, ter esse discernimento de saber para o local que você está indo, o que pode acontecer, que tipo de situação e se prevenir quanto a isso. Não apenas sair de casa sem rumo ou já com rumo, mas não pensar que pode acontecer alguma coisa, pois a prevenção é um fator determinante”, cita Adriano.

Agências de viagem

Para aqueles que buscam uma abordagem mais descomplicada na organização de suas viagens, Cristiane Stefanhak recomenda a contratação de pacotes turísticos por meio de agências especializadas. Entretanto, ela destaca que mesmo nesse cenário, um planejamento antecipado se faz necessário. “Mesmo para aqueles que utilizam agências de viagens, é importante ter um planejamento antes de embarcar. Embora nós, como agência, atendemos muitos detalhes logísticos, há aspectos pessoais e específicos que podem ser melhor atendidos com um planejamento prévio”, destaca.

Ela conta que é comum as pessoas já chegarem na agência com um destino específico em mente, seja porque receberam recomendações, viram destinos interessantes na internet ou porque têm um interesse particular em explorar uma região específica. “E é aqui que entra nosso trabalho também, mostrar para o cliente o que cada destino tem a oferecer, fazendo-o ficar interessado. As agências de viagens desempenham um papel importante não apenas na reserva de pacotes para destinos específicos, mas também na assistência aos clientes na escolha do destino mais adequada às suas necessidades e desejos”, detalha.

A escolha de destinos e a elaboração de pacotes de viagem por uma agência envolvem diversos fatores, incluindo a demanda do mercado e tendências de viagem. Cristiane explica que mesmo desta foram, é possível personalizar de acordo com o gosto do cliente. “Sempre que postamos as promoções de sugestões de viagens, podemos, sim, personalizar o pacote. Esse seria um grande diferencial das agências, o cliente pode personalizar o pacote da maneira que mais se adequa a sua rotina, garantindo assim a sua viagem sem preocupações e com muito planejamento”, descreve.

Viajar dentro do orçamento

Para evitar que a viagem de descanso se transforme em preocupações posteriormente, é necessário planejar os gastos e manter-se dentro do orçamento estabelecido. Adriano dá dicas sobre como evitar gastos excessivos. “Fazer o planejamento do que vai gastar para que não extrapole e acabe ficando sem dinheiro no local, sempre ter uma reserva de emergência caso precise, e planejar para que você possa voltar com pelo menos um pouco de dinheiro”, sugere. “Se dá para você ficar no hotel cinco estrelas, maravilha. Se não dá, existem hostels, ou acomodações compartilhadas. Hoje em dia tem bastante, você consegue acomodações mais em conta e confortáveis. É sobre pesquisar preços. Se você vai para uma praia, a praia em si é barata, mas geralmente a escassez, por exemplo, do supermercado, pode pesar nas contas”, avalia.

Tendências para a temporada

Cristiane comenta que para essa temporada de férias muitos brasileiros estão procurando a agência em busca de pacotes de viagens nacionais. “As tendências de viagem podem variar de ano para ano e são influenciadas por uma série de fatores, incluindo mudanças nas preferências dos consumidores, condições econômicas, e diversos outros fatores. Para essa temporada, a tendência está sendo 90% nacional, principalmente para o Nordeste, seja em um cruzeiro, ou os pacotes convencionais, com aéreo, hotel e passeios”, explica.

Ela avalia que bem planejada, a viagem dos sonhos pode ser marcante e garantir uma experiencia única. “Há sempre as preferências pessoais, atividades que desejam. O planejamento prévio permite verificar opções que se encaixam dentro do orçamento, realizando a viagem dos sonhos dentro do esperado”, finaliza.

 

Cuidados nas viagens de carro

Por questões de orçamento ou de preferência, muita gente prefere pegar a estrada e fazer viagens de carro, seja para destinos mais curtos ou até mesmo os mais distantes. Para isso, a Polícia Rodoviária Federal (PRF), todo ano reforça as dicas de cuidados nas rodovias, entre elas:

Revisão preventiva: Providenciar a checagem do automóvel mesmo para pequenas viagens. Faróis acesos para ver e ser visto; pneus calibrados e em bom estado; motor revisado, com óleo e nível da água do radiador em dia. Não esquecer de verificar a presença e estado dos equipamentos obrigatórios, principalmente pneu estepe, macaco, triângulo e chave de roda, além dos limpadores de parabrisa e luzes do veículo.

Atenção redobrada: Observar as placas que indicam os limites de velocidade e as condições de ultrapassagem. Nos trechos em obras, o motorista deve reduzir a velocidade e obedecer a sinalização local. Os condutores também devem redobrar a atenção em cruzamentos e áreas urbanas.

Dias chuvosos: Para os dias chuvosos, a PRF orienta aos motoristas transitar com velocidade moderada, sempre a direita da via, acender os faróis baixos, manter distância segura do outro veículo que segue a sua frente, evitar manobras e freadas bruscas. Caso queira parar, procure um lugar considerado seguro fora da pista que não seja debaixo de árvore ou de fiação elétrica. De acordo com a PRF, os acidentes que ocorrem sob chuva, geralmente são provocados pela diminuição da visibilidade, falta de atenção e velocidade incompatível.

Pausas para descanso: O condutor deve programar paradas a cada 3 horas. Quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da ‘hipnose rodoviária’, na qual se mantém de olhos abertos, mas sem percepção da realidade à sua volta. Ela vem acompanhada de sonolência, perda de reflexos e de força motora. Buscar evitar, na medida do possível, os horários de pico. Dirigir cansado ou com sono aumenta o risco de o motorista cometer erros.

Planejamento da viagem: O motorista deve se informar sobre as distâncias que vai percorrer e das condições do tempo, pontos de parada, existência de postos de combustíveis e de restaurantes à beira da estrada. Não esquecer documentação pessoal e do veículo.

Cinto de segurança: Usar sempre o cinto de segurança. Este equipamento é obrigatório para todos os ocupantes do veículo.

A importância das férias para a saúde mental

Após um ano intenso de trabalho ou estudo, descansar a mente o corpo é essencial. O médico psiquiatra Lucas Batistela associa o desligar da rotina com um bom planejamento para o próximo ano como a chave para a manutenção da boa saúde mental.

“A saúde mental é um ativo valioso muitas vezes negligenciado em meio à rotina diária. A oportunidade de romper com a monotonia e adotar uma abordagem mais dinâmica para o bem-estar emocional é crucial”, sugere.

Ele explica que manter a prática de exercícios e a busca por atividades que ocupem o tempo, mas sem relação com a rotina de trabalho ou estudo, ajuda na manutenção da boa saúde mental. “Diversificar as atividades é a chave. Incorporar novos elementos, como hobbies estimulantes, exercícios regulares, pode revitalizar a mente. Essas práticas não apenas quebram a monotonia, mas também fortalecem a resiliência mental”, explica o psiquiatra.

Lucas avalia que é essencial quebrar a rotina de vez em quando e buscar novas experiências de vida, seja através de uma viagem ou da experimentação de algo novo. “A vida, assim como as estações, é cíclica. A rotina pode ser confortável, mas quando nos tornamos prisioneiros dela, corremos o risco de perder oportunidades de viver muitas experiências maravilhosas e de obter um melhor desenvolvimento físico, mental e espiritual”, complementa.

Texto: Lenon Diego Gauron/Hoje Centro Sul

Foto: Divulgação

Comentários

🗞️📰 Edição 1567 - Já nas bancas!
  • Direitos Autorais

    Textos, fotos, artes e vídeos do Jornal Hoje Centro Sul estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. É expressamente proibido a reprodução do conteúdo do jornal (eletrônico ou impresso) em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização expressa do Jornal Hoje Centro Sul.

  • Endereço e Contato

    Rua Nossa Senhora de Fátima, no 661
    Centro, Irati, PR - CEP 84500-000

    Tel: (42) 3422-2461

  • Pauta: jornalismohojecentrosul@gmail.com

    Expediente: de segunda à sexta das 8h às 17h

JORNAL HOJE CENTRO SUL - © 2020 Todos os Direitos Reservados
Jornalista Responsável: Letícia Torres / MTB 4580