facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1230 - Já nas bancas!
20/04/2020

Unicentro define procedimentos para atividades não presenciais

Unicentro define procedimentos para atividades não presenciais

A Pró-Reitoria de Ensino da Unicentro (Proen) publicou na sexta-feira, 17, uma Instrução Normativa, visando orientar os Setores de Conhecimento e os Departamentos Pedagógicos a como proceder para iniciar as atividades não presenciais nos cursos presenciais da Unicentro. A medida tem caráter emergencial, devido a pandemia do coronavírus, e foi deliberada em reunião conjunta dos Conselhos de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) e de Administração (CAD), no dia 15.

“A ideia da Instrução Normativa é subsidiar, de certo modo, as reuniões dos departamentos, dos setores, enfim, em como organizar todo esse cenário – quais disciplinas poderão ser feitas dessa maneira, com algumas atividades a distância, de que forma ocorre o registro dessas atividades, enfim, coisas dessa natureza. Essa Instrução Normativa vem para dar um auxílio, respondendo a essas dúvidas que os chefes de departamentos, professores e alunos, também, ficaram”, discorre a pró-reitora de Ensino da Unicentro, professora Karina Beckmann.

A Instrução Normativa, bem como a decisão dos membros do Cepe e do CAD, está baseada nos princípios da Deliberação 001/2020 do Conselho Estadual de Educação (CEE), que instituiu os princípios para as atividades acadêmicas, enquanto durar a pandemia de coronavírus, para as instituições de ensino paranaenses. Assim, o documento da Proen reitera que conteúdos práticos, atividades laboratoriais e os estágios curriculares não podem ser cumpridos a distância. Além disso, a carga horária ministrada a distância não pode ultrapassar 20% do número total de horas do curso.

Organização

A partir da publicação da Instrução Normativa, a Proen estabeleceu um prazo de uma semana para que os conselhos departamentais de cada curso se reúnam, deliberem e informem quais disciplinas terão parte do conteúdo ofertado a distância. “Uma vez verificado quais são essas disciplinas, eles terão que verificar a questão de conteúdo, qual conteúdo pode ser visto deste jeito, de que forma os alunos vão ter acesso a esses conteúdos. Enfim, o próximo passo é a discussão interna dos departamentos de como vão se organizar para isso”, detalha Karina. Desse modo, as atividades a distância só poderão ser iniciadas após a realização, de forma remota, das reuniões pelos departamentos.

Capacitação

A professora Karina reforça que nem toda disciplina com conteúdos teóricos será ministrada a distância. Isso dependerá, por exemplo, da familiaridade com as ferramentas para ensino não presencial e do acesso a equipamentos tanto por parte do professor, quanto dos estudantes. Nesse sentido, o Núcleo de Educação a Distância da Unicentro (Nead), vai ofertar, a partir da próxima semana, “cursos de ambientação com essas tecnologias para atividades a distância, tanto para professores como para alunos também. Então, aqueles que tiverem interesse poderão participar desses cursos, que serão ofertados pelo Nead da Unicentro”.

 

Assessoria Unicentro