facebook
27/12/2021

Unicentro arrecada livros para a Biblioteca Carcerária de Irati

Unicentro arrecada livros para a Biblioteca Carcerária de Irati

A Unicentro, através da Seção de Relação Comunitária, está promovendo, em parceria com o Lions Clube de Irati, uma campanha de arrecadação de livros, revistas e gibis para ampliação do acervo da Biblioteca Carcerária, localizada na sede do Conselho da Comunidade de Irati. O projeto “Círculo de Leitura: Dialogando com a Literatura no Cárcere” é coordenado pelo agente universitário Nelson Susko, que explica que essa iniciativa da universidade é uma entre outras desenvolvidas junto da 41ª Delegacia Regional de Polícia Civil com o intuito de preparar os detentos para sua reinserção social após o cumprimento das penas.

“O objetivo desse projeto”, explica Susko, “é, primeiro, atuar nos Direitos Humanos, na tentativa de resgatar a dignidade dos presos, com a reinserção deles na sociedade e na vida familiar. Nós temos muitos detentos que acabam sendo abandonados por suas famílias, então precisam de um acompanhamento. Entre os vários projetos dentro da delegacia, está esse de literatura, como uma forma de inibir a sensação de solidão e angústia”.

Os pontos de coleta de livros para a Biblioteca Carcerária são o hall de entrada do Campus Irati da Unicentro, a sede do Conselho da Comunidade, o Colégio São Pedro Canísio, o Sesi, a Faculdade São Vicente de Paulo e a Print Copy. Além disso, a equipe disponibiliza um telefone para combinar a entrega de livros a serem doados, caso o doador não possa deixar em um dos pontos de arrecadação. O número é o (42) 99864-0312. Os encarcerados podem participar voluntariamente do projeto, tendo acesso a livros de contos, poesias ou romances.

“Nós estamos atendendo em torno de 94 detentos, entre as idades de 21 a 83 anos, sendo apenas seis deles com Ensino Médio completo e o restante com Ensino Fundamental incompleto. Estamos fazendo a campanha de arrecadação de livros para já em março começarmos a trabalhar a leitura e no final do ano lançar um concurso de contos e poesias com eles”, complementa o coordenador da ação.

A participação em projetos como esse da Unicentro pode implicar na redução de pena dos detentos que são o público da ação de extensão universitária. Neste sentido, o projeto “Círculo de Leitura: Dialogando com a Literatura no Cárcere”, recentemente reconhecido com o Selo ODS, concedido pelo Sesi, foi destacado como uma iniciativa modelo no cumprimento de três dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: Educação de Qualidade, Redução das Desigualdades e Paz, Justiça e Instituições Eficazes. Para o coordenador da ação, esse tipo de intervenção junto da sociedade é um dos papéis essenciais da universidade. “Nós precisamos manter esse elo de comunicação entre a universidade e a sociedade, como uma resposta aos benefícios que recebemos por parte da comunidade e do governo”.

Texto/Foto: Assessoria Unicentro

COMENTÁRIOS