facebook
15/12/2021

Série de vídeos da Copel explica como manter a segurança com a energia elétrica

Série de vídeos da Copel explica como manter a segurança com a energia elétrica

A frequência de acidentes com a energia elétrica apresenta tendência de redução no Paraná, mas a gravidade dos casos ainda preocupa e demanda cuidados especiais para que sejam evitados. De acordo com a Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade, em todo o Brasil 691 ocorrências fatais com choque elétrico foram registradas em 2020, a maioria delas relacionadas às atividades de construção civil e manutenção predial.

Para alertar e orientar os consumidores para as atitudes de prevenção, a Copel está veiculando uma série de vídeos em seu canal na rede YouTube. A ação faz parte do projeto Energia Segura, que dá nome à playlist com esta temática.

Além da construção civil e atividades relacionadas como reforma, pintura e instalação de placas, os vídeos abordam os cuidados na área rural, segunda colocada no registro de acidentes na área de concessão da Copel, e também na poda de árvores, instalação de antenas e o uso correto da energia dentro de casa, inclusive com a decoração natalina.

As dicas são trazidas pelo engenheiro Raul da Silva Claudino, da área de Segurança do Trabalho na Companhia. Ele diz que a alternativa de comunicação através dos vídeos surgiu durante a pandemia, mas veio para ficar.

“Nós sempre estivemos muito presentes nas salas de aula, nas Sipats (Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho) das empresas, em canteiros de obras e nas cooperativas. Quando a pandemia impediu essas atividades presenciais, vimos que era importante levar essa informação também de forma remota para chegar ao maior número de pessoas possível”, afirma. A rede estadual de ensino já está utilizando os materiais nos intervalos das aulas para o Ensino Médio.

Até novembro deste ano, foram registrados 21 acidentes com a energia elétrica no Paraná, e a tendência é de que o ano feche com uma redução de 30% na comparação com 2020. A retração foi puxada pela construção civil que, junto com a área rural, responde por mais da metade dos acidentes por choque elétrico no Estado.

Medidas de prevenção

Uma das principais causas dos acidentes nos canteiros de obra é a movimentação de grandes estruturas metálicas e outros equipamentos que podem tocar na rede elétrica. Este é, também, um problema recorrente em áreas rurais. Nas épocas de preparação do solo e de colheita, caminhões, tratores e outros veículos de grande porte passam por baixo da rede elétrica e podem tocar os fios e causar acidentes.

Nos últimos seis anos a Copel registrou 25 ocorrências como estas. Embora não seja uma situação frequente, a postura do condutor pode ser a diferença entre a vida e a morte “O motorista precisa manter a calma e permanecer dentro do veículo até a confirmação de que a rede está desligada”, orienta Raul.

O engenheiro afirma que, na área rural, a preocupação aumenta nos períodos de maior movimentação. “Estamos lançando os novos materiais para chamar atenção para o tema, porque nas épocas de preparação do solo e de colheita, caminhões, tratores e outros veículos de grande porte passam por baixo da rede elétrica e se não tiverem atenção à altura do maquinário podem tocar os fios e causar acidentes”, afirma Raul.

Segurança em casa

No ambiente doméstico, entre os principais cuidados estão o dimensionamento correto das tomadas, evitando o uso de “T” ou benjamin. “Se for preciso ligar mais de um aparelho, é preferível usar o filtro de linha”, indica Raul Claudino.

Outra situação bastante comum e que representa um risco é o uso de celulares enquanto o telefone está carregando na tomada. Além de não mexer no celular enquanto carrega, o engenheiro alerta que o carregador deve ser tirado da tomada imediatamente após o carregamento, especialmente quando há crianças em casa. Deve-se utilizar protetores de tomada, e para os maiores vai o recado sobre as pipas, sempre longe da rede elétrica.

O canal da Copel também tem diversos vídeos voltados para o público infantil na playlist de educação do programa Iluminando Gerações. Neles, os personagens Maricota e Jacuí ensinam de forma lúdica como usar a energia elétrica com segurança.

Texto/Foto: Agência Estadual

COMENTÁRIOS