facebook
01/03/2021

Prefeito de Rio Azul pede providências à Copel para evitar quedas de energia

Prefeito de Rio Azul pede providências à Copel para evitar quedas de energia

As constantes quedas de energia elétrica que acontecem em Rio Azul têm trazido prejuízos aos produtores rurais do Município, sobretudo para os fumicultores. Para tentar  solucionar o problema, o prefeito Leandro Jasinski o vice Jair Boni  estiveram na sede Companhia Paranaense de Energia (Copel), em Curitiba, neste mês de fevereiro, cobrando readequações nas linhas de transmissão.

“A Copel tem deixado para fazer manutenção justamente agora que é o pico – dezembro,  janeiro, fevereiro, março –  que é a colheita do fumo.  Eles deviam fazer em outras épocas que não é tão usado”, defende Jasinski. 

Em janeiro, os fumicultores tiveram em virtude do excesso de chuva e as perdas aumentaram pela falta de energia por várias horas, de acordo com o vice-prefeito.  “Alguns produtores sofreram para colher o tabaco debaixo de chuva, levar na estufa e faltou a luz, perderam dentro da estufa”, conta Boni, que acrescenta que chegou a faltar energia elétrica por cinco ou seis horas em algumas localidades.  O prefeito complementa que quando “cai a energia e fica algumas horas sem luz já é o suficiente para estragar todo o produto”.

Jasinski finaliza enfatizando que o que ele e o vice reivindicam à Copel é que as melhorias necessárias sejam feitas, mas com uma programação adequada para não prejudicar os produtores rurais de Rio Azul.  

Texto: Da Redação/ Hoje Centro Sul

Foto: Ciro Ivatiuk/Hoje Centro Sul

COMENTÁRIOS