facebook
31/08/2021

Prefeita Fernanda comenta programa “Vale Feira/Real Mate” e outras ações em andamento

Prefeita Fernanda comenta programa “Vale Feira/Real Mate” e outras ações em andamento

A Prefeitura de São Mateus do Sul lançou na última semana o programa “Vale Feira/Real Mate”. Trata-se da Lei Municipal nº 023/2021, aprovada pela  Câmara de Vereadores no dia 17, que tem como objetivo melhorar a qualidade da alimentação da população em situação de vulnerabilidade social e fomentar a comercialização da Feira do Produtor. “São duas políticas públicas sendo fortalecidas, a Assistência Social e a Agricultura Familiar”, explica a prefeita de São Mateus do Sul, Fernanda Sardanha.

As pessoas beneficiadas serão cadastradas por meio do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), estando inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal e receberão vales que totalizam R$ 50,00 por mês. Divididos em “notas” de R$ 5,00 cada, serão impressas em papel especial e nomeadas para cada família, sendo intransferíveis e perdendo a validade caso não sejam apresentadas em 30 dias. Em princípio, serão comtempladas 100 famílias. Os vales recebidos pelos feirantes ou agricultores serão trocados na Prefeitura Municipal.

Turismo e infraestura

São Mateus do Sul é a capital do Xisto, da Erva-Mate e este ano foi reconhecida como capital Polonesa do estado. Por isso, a atual gestão vem buscando investir na área do turismo.  “Temos a Indicação Geográfica (IG) da Erva-Mate, onde temos muitos produtores e ervateiras que estão dentro da IG. Neste sentido, há trabalhos com a Comissão de Turismo do município para estabelecer algumas rotas ligadas ao cultivo de erva-mate e cultura polonesa”, informa Fernanda.

O secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná e deputado Federal, Sandro Alex, esteve em São Mateus do Sul recentemente e visitou junto com a prefeita a indústria Baldo, uma das maiores de erva-mate do município, também conheceu o processo na ervateira Taquaral. “Já temos alguns recursos assegurados pelo Sandro de infraestrutura e pavimentação, ele também encaminhou R$ 600 mil livre que serão investidos nas praças e revitalizações voltadas ao turismo”, frisou Fernanda.

Outra importe obra citada pela prefeita é a PR-364 que liga Irati a São Mateus do Sul está com mais da metade concluída, sendo que as obras já chegaram em São Mateus.  Com a conclusão deste asfalto, o município irá se fortalecer, segundo Fernanda.

Emprego e Saúde

Em relação à geração de empregos, está em fase final de conclusão o processo de aquisição da área industrial. “Temos garantido recursos através do deputado estadual Alexandre Curi junto à SEDU [Secretaria do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas], estamos trabalhando também com o presidente Eduardo Bekin, da Invest Paraná, para fortalecer as empresas em São Mateus do Sul”.

Também com o deputado Alexandre Curi o município conseguiu recurso de R$ 800 mil para o projeto “Mãe São-mateuense”, baseado no projeto “Mãe Curitibana”, busca atender as mulheres de forma diferenciada, dando ênfase à saúde da mulher e às gestantes.

IFPR

A fim de mostrar o potencial do município para receber um Instituto Federal do Paraná (IFPR), recentemente, o deputado federal e líder da bancada paranaense, Toninho Wandscheer, levou o reitor do IFPR, Odacir Antonio Zanatta, para visitar a Petrobrás de São Mateus do Sul, que, segundo a prefeita, tem um dos melhores laboratórios de pesquisa da América Latina. “Também levamos ele na MicroXisto que tem muita tecnologia, a ideia foi mostrar a potencialidade que São Mateus tem para receber um instituto, sendo que na nova área industrial pretendemos investir em incubadoras tecnológicas, por isso precisamos da instituição de ensino para desenvolver pesquisas”, ressalta a prefeita.

Ela conta que o reitor gostou do que foi apresentado e no final de setembro o município irá apresentar em Brasília um projeto de implantação de um IFPR.

Texto: Da Redação/Hoje Centro Sul

Foto: Dovulgação

COMENTÁRIOS