facebook
21/09/2020

Política em Questão - Por Ciro Ivatiuk e Letícia Torres

Política em Questão - Por Ciro Ivatiuk e Letícia Torres

Paralelo: Eleições 2016 e 2020

Dos candidatos que concorreram ao cargo de prefeito de Irati nas eleições de 2016, três são candidatos novamente: Jorge Derbli, Emiliano Gomes e Marcos Antonio Gonçalves. E três nomes que disputaram a eleição passada e não concorrem nesta eleição apoiam candidatos a prefeito.  Odilon Burgath declarou apoio a Rafaela Ferençz (PDT), Ronaldão declarou apoio a Jorge Derbli (PSDB) e Nelson Antunes declarou apoio a Josué – candidato nas eleições 2020,  que foi vice na chapa de Ronaldão nas eleições 2016.

Você lembra a votação dos candidatos?  

Relembre a votação dos candidatos à Prefeitura de Irati na eleição de 2016 e os respectivos partidos na época: Jorge Derbli (PSDB) 18.065 votos; Odilon Burgath (PDT)  8.029 votos; Emiliano Gomes (PV)  5.028 votos; Ronaldão - José Ronaldo Ferreira

( PP)  2.284 votos; Nelsinho - Nelson Antunes (PTB)  820 votos; Marcos Antonio Gonçalves (PHS)  111 votos.

A escolha dos vices

O assunto mais comentado nas últimas semanas foi a escolha dos vices pelos candidatos a prefeito. Conforme adiantou o jornal Hoje Centro Sul, Jorge Derbli escolheria um nome do PV. E isso se concretizou durante a convenção do partido, aonde foi anunciado o nome de Ieda Regina Waydzik. Ieda teve uma atuação marcante para a instalação do hospital Erasto Gaertner em Irati e desempenhava o cargo de presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Irati. Capitaneada por ela e por seu esposo, Dagoberto Waydzik, o grupo do PV conseguiu 15.309 votos em Irati para a candidata a deputada federal Leandre Dal Ponte (PV).

A escolha dos vices II

Muito se especulava que Felipe iria indicar uma mulher para ser a vice de Emiliano, como a maioria dos demais partidos fez. Mas durante a convenção, confirmou-se o nome do próprio Felipe Lucas, ex-prefeito de Irati (1992/1996) antes de ter um mandato na Assembleia Legislativa. Suplente da bancada do PPS, assumiu o posto no período de 2003 e 2004, quando substituiu a então deputada Arlete Caramês. Reelegeu-se em 2006 e ficou como terceiro suplente de seu partido em 2010. Na última disputa ao cargo de deputado estadual, em 2018,  concorrendo pelo então PPS (hoje Cidadania), Felipe conseguiu 9.655 votos em Irati. É suplente de deputado estadual e pode assumir o cargo, caso algum dos parlamentares da sigla se afaste. 

Famílias há muitos anos na política

Caso a chapa Emiliano e Felipe venha a obter êxito nesta eleição, Emiliano (que é ex-vereador, ex-secretário de Desenvolvimento Econômico de Derbli, atuou nos negócios de sua família e em 2017 se formou professor de Ioga e Meditação) seguiria a carreira política de seus antecessores, Emílio Batista Gomes primeiro prefeito de Irati e Edgard Andrade Gomes, prefeito de Irati por quatro vezes consecutivas. A família Lucas tem também uma forte tradição política. Além do patriarca Felipe, sua esposa, Marisa Lucas foi vice-prefeita de Irati por dois mandatos, entre 2005 e 2008 e de 2009 a 2012.  Ela também chefiou o Núcleo Regional de Educação (NRE) de Irati entre os anos de 1999 e 2002 e entre 2015 e 2018. Nas eleições de 2014, ela concorreu a uma vaga na Assembleia Legislativa do Paraná, obtendo 10.736 votos no total, sendo 2.793 votos apenas em Irati, mas não conseguiu se eleger. Também da família Lucas, o filho de Felipe e Marisa, Rafael Lucas, foi vereador entre os anos de 2013 e 2016. Enquanto era vereador, participou das eleições 2014 como candidato a deputado federal, mas não obteve êxito.  Desde 2017 até hoje, Rafael permanece atuando em cargos no Governo do Estado do Paraná, em Curitiba.

Única mulher

O PDT tem a única candidata mulher à prefeita de Irati, Rafaela Ferençz. Ela tem 31 anos, é filha de Luzia Molinari e João Ferencz, graduada em psicologia e atua há mais de dez anos na área de políticas públicas do município. Segundo Rafaela, a condição econômica de sua família não permitiu que ela estudasse fora de Irati e questões sociais como a fome e a violência sempre a incomodaram desde a infância. Na política partidária, pretende atuar para a garantia dos direitos das pessoas, sobretudo das mulheres e da criança.

Outros candidatos

Os demais candidatos a prefeito de Irati terão informações sobre seus currículos divulgadas na próxima edição do jornal. 

Candidatos da região

Acompanhe, na próxima edição do Hoje Centro Sul, quem são os candidatos a prefeito dos municípios da região Centro Sul. 

COMENTÁRIOS