facebook
05/06/2020

Política em Questão - Por Ciro Ivatiuk e Letícia Torres

Política em Questão - Por Ciro Ivatiuk e Letícia Torres

Prefeito de Irati  e deputado vistoriam obras

O prefeito de Irati Jorge Derbli (PSDB) esteve esta semana vistoriando as obras de pavimentação da estrada que liga Irati a localidade do Pinho de Baixo, juntamente com o deputado federal Evandro Roman (Patriotas). A primeira etapa da pavimentação asfáltica da estrada para o Pinho de Baixo está em fase de conclusão. A obra de 6 km obteve recursos provenientes de uma emenda parlamentar de Roman. De acordo com o prefeito já há recursos assegurados para a segunda etapa de obras, em que serão feitos mais 1,2 km, até a bifurcação da estrada.

Mandato de Roman pode estar com os dias contados

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) iniciou no dia 21 de maio o julgamento de recurso envolvendo o deputado federal Evandro Roman (Patriota). O deputado Edmar de Souza Arruda e os suplentes Reinhold Stephanes Junior e Hidekazu Takayama ajuizaram ações contra Roman, alegando que, no decorrer de seu mandato, ele deixou o Partido Social Democrático (PSD) sem justa causa e filiou-se ao Patriota, caracterizando ato de infidelidade partidária por desfiliação sem justa causa. O relator, ministro Edson Fachin, já emitiu voto favorável à perda do mandato de Roman. O julgamento foi temporariamente interrompido por um pedido de vistas quando o placar já estava com dois votos favoráveis à cassação do mandato.  

Parque Industrial em Inácio Martins

Nesta quarta-feira (03), a Secretaria do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas (SEDU) autorizou o início de processo licitatório para a implantação de um  Parque Industrial em Inácio Martins, no valor de R$ 257,7 mil. A demanda foi apresentada pelo deputado estadual Artagão Júnior. “Mais uma vez agradecemos ao secretário Ortega e ao governador Ratinho Junior o atendimento de mais esta demanda. Continuamos atentos e trabalhando para que mais recursos sejam liberados para os municípios que representamos”, disse Artagão Júnior.

Críticas sem fundamento

Reverberaram na última semana críticas nas redes sociais à instalação de tendas e locação de cadeiras em frente a Caixa Econômica Federal de Irati e também em frente aos postos de saúde. Os críticos de plantão, pouco  pensam no bem estar da população, que ficou abrigada do sol e da chuva enquanto aguardava para fazer o saque do Auxílio Emergencial  ou esperava atendimento em saúde. Diferentemente de quem só critica, a população que precisou utilizar esta infraestrutura agradece.  

4.687 servidores estaduais receberam Auxílio indevidamente

Foram identificados pagamentos indevidos do Auxílio Emergencial do Governo Federal para 4.687 servidores estaduais ativos e inativos, num montante de R$ 3.265.200,00. Na semana passada, na primeira ação conjunta com a CGU, o TCE-PR apontou que 10.648 agentes públicos de prefeituras paranaenses também haviam recebido indevidamente o benefício emergencial. A Controladoria-Geral do Estado (CGE) notificou os servidores estaduais que por ventura  receberam o auxílio emergencial do governo federal. A orientação é que o servidor verifique se os R$ 600,00 foram depositados em seu CPF, que pode ter sido usado por estelionatários, e regularize sua situação, com a devolução do dinheiro. No caso de servidores, os que tiveram o recebimento indevido devem informá-lo à CGU-Regional/PR, no e-mail cgupr@cgu.gov.br Este e-mail também poderá ser utilizado para informar a devolução de valores recebidos indevidamente, encaminhando cópia do documento de devolução.

COMENTÁRIOS