facebook
15/03/2021

Para celebrar seus 150 anos, Imbituva pretende rememorar sua formação histórico-geográfica

Para celebrar seus 150 anos, Imbituva pretende rememorar sua formação histórico-geográfica

Neste ano de 2021, o Município de Imbituva completa 150 anos. Para celebrar a data, o prefeito Celso Kubaski encarregou ao vice-prefeito Zaqueu Bobato a missão de coordenar os preparativos das comemorações da Emancipação Política do Município.

Bobato, que também, responde pela Secretaria de Educação e Cultura, já nomeou uma comissão que irá organizar ações para que a população possa rememorar o processo histórico-geográfico de formação de Imbituva.

O vice-prefeito explica que estão sendo reunidos segmentos do interior e da cidade para que seja feito um levantamento das riquezas que o município vem somando desde o início de sua história.

A banda Municipal está sendo reativada para resgatar a parte histórica que compete à música. E a comissão já iniciou um diálogo com a comunidade acadêmica de Imbituva, dos mais diversos cursos, como, História, Geografia, Língua Portuguesa, Educação Física e outros. “Queremos que estes acadêmicos nos ajudem a levantar, a partir dos trabalhos monográficos, toda a riqueza histórica e geográfica do município, que sabemos que são muitas. Ficamos tristes por não poder proporcionar um evento à altura do que a comunidade merece, mas os 150 anos de Imbituva não vão passar em branco”, afirma Bobato.

Inicialmente, a expectativa era de promover um evento grandioso no dia do aniversário, 3 de maio, mas as restrições impostas pela pandemia da Covid-19 não permitirão. O prefeito conta que no ano passado chegou a propor projetos para comemorar os 150 anos de Imbituva, mas que provavelmente não poderão ser colocados em prática na data oficial do aniversário. “A gente sabe que a data vai se estender pelo ano inteiro, esperamos que a pandemia tenha uma sequência melhor a partir da vacinação, se não for possível em maio, para que em setembro, junto com a Independência do Brasil, a gente consiga fazer algumas atividades para a população”, disse Kubaski.

Comissão dos 150 anos

A comissão é composta por professores, responsáveis pelas direções das escolas e dos CMEIs, além de nomes conhecidos em Imbituva, que tiveram a oportunidade de vivenciar muitos acontecimentos no município. Alguns, tiverem o privilégio de participar da comissão do centenário da cidade no ano de 1971, e agora, em 2021, irão contribuir para preparar os 150 anos.

A comissão é composta pelos seguintes nomes: Presidente: Zaqueu Luiz Bobato; Secretária: Jucilene Menon de Barros. Membros: João Izail Gomes Rodrigues; Francisco de Assis Siqueira; Edson Pupo; Saul João Chemim; Letícia Maristela Galvão; Jussara Daniele Santana Penteado; Janaína Palhano Andrade; Patrícia Alessi Bastos; Emily Carolina Diniz de Almeida; Ângela Maria Possebom; Maristela T. Faccini; Márcia Andréia Bobato Scheidt; Nívea Maria de Oliveira; Eliziane Borges; Josiane Maria do Nascimento; Maria Silvana Prado;  Gizele Cavassim de Almeida; Sônia Aparecida Wolff de Matos; Marielen Camargo Berton; Simone Aparecida Ludvig; Liliane Tessari Pedroso; Solange Aparecida de Almeida Bobato; Jane T. Traut Mocelin; Luciene Maria Preussler Ribeiro; Marinez Simone Naiverth Bobato.

Texto: Da Redação/Hoje Centro Sul

Fotos: Letícia Torres/Hoje Centro Sul

Galeria de Fotos

COMENTÁRIOS