facebook
28/01/2020

Número de mortes em acidentes nas rodovias do Paraná diminui em 2019

PRF do Paraná divulgou números do ano passado que mostram 4,4% menos mortes nas rodovias da região dos Campos Gerais – da qual Irati faz parte na subdivisão de territórios da PRF –, além de menos acidentes

Número de mortes em acidentes nas rodovias do Paraná diminui em 2019

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) do Paraná constatou uma redução nos números de acidentes, mortos e feridos na região dos Campos Gerais em 2019, se comparados com o ano anterior.

Em 2019, foram registrados 792 acidentes, com 89 mortos e 956 feridos. Em relação à 2018, houve redução de 8,8% nos acidentes, de 4,4% nos mortos e de 0,6% nos feridos.

Os principais tipos de acidentes registrados foram saída de pista, colisão traseira e colisão transversal. Esses três tipos juntos respondem por mais da metade (55,6%) dos acidentes registrados nos 736 km de circunscrição da 3ª Delegacia da PRF, sediada em Ponta Grossa e que inclui a região Centro Sul.

Falta de atenção, seguida da velocidade e do uso de álcool ficaram entre as principais causas dos acidentes, correspondendo a 70,8% das ocorrências.

Entre os acidentes que causaram mortes, as colisões frontais, os atropelamentos e as saídas de pista concentraram 71,9% do total. Falta de atenção, velocidade incompatível e desobediência às normas de condução foram as causas de 74,2% dos acidentes fatais.

Quanto à fiscalização, nos Campos Gerais, as equipes da PRF flagraram 396 condutores dirigindo sob efeito de álcool; 80 deles foram encaminhados à Polícia Civil por crime de trânsito; 3.171 ultrapassagens proibidas; 1.141 motoristas ou passageiros sem cinto de segurança; 174 crianças sendo transportadas sem utilização da cadeirinha ou dispositivo de retenção adequado.

Em relação aos veículos de carga, as equipes da PRF flagraram mais de 4.011 toneladas de excesso de peso, que geraram 798 notificações de trânsito. Além desses números, 2.675 veículos foram retidos por problemas de documentação ou por não apresentarem condições de segurança.

Texto: Da Redação/Hoje Centro Sul, com informações PRF

Fotos: Assessoria PRF

Galeria de Fotos

COMENTÁRIOS