facebook
21/12/2020

Iratienses vão de bicicleta para Aparecida do Norte para cumprirem promessas

Iratienses vão de bicicleta para Aparecida do Norte para cumprirem promessas

Já virou rotina se ver o quanto o uso de bicicletas aumentou de uns anos para cá. Os Iratienses Reginaldo de Oliveira Ventura e Márcio José Ferreira foram de bicicleta até Aparecida do Norte para cumprir promessas que tinham feito.

Reginaldo percorreu 774 quilômetros em sete dias. Saiu de Irati em 28 de novembro, passou por diversas cidades do Paraná e de São Paulo e no dia 04 de dezembro chegou ao destino. A aventura aconteceu por conta de uma promessa feita na primeira vez que esteve no Santuário de Aparecida. Ele tem um problema de saúde e pediu para que Nossa Senhora fosse lhe dando saúde e que assim, a cada cinco anos, ele faria uma viagem para lá.

A viagem de bicicleta foi sofrida, pois Reginaldo não é ciclista, embora tenha treinado para poder ir. “Mas o treino acho que não foi suficiente, porque é muito sofrido, muito calor, o trânsito é perigoso”, relatou.

Mesmo que muitos achem loucura, Reginaldo pretende seguir com a sua promessa e conta que quando chega ao destino é uma emoção muito grande. “O incentivo das pessoas é grande e a emoção de chegar lá também. Tentei mandar um áudio para minha esposa quando eu cheguei e não consegui, a emoção vem e vira em choro”, contou.

Essa não foi a primeira vez que Reginaldo esteve em Aparecida e nem a primeira forma “diferente” de fazer o percurso. Anteriormente, ele já foi de moto e também de mula – quando levou 24 dias para chegar a São Paulo sobre o animal. Reginaldo afirma ser o único iratiense que fez todo esse trajeto de mula. Em uma próxima incursão, ele a pretende ir a pé, percorrendo o caminho da fé, que é bastante conhecido no interior de São Paulo.

Seguindo viagem

Já Márcio José Ferreira tem 42 anos e sempre teve o sonho de ir para Aparecida do Norte de bicicleta, mas ainda não o realizou. A ideia da viagem de bicicleta até o santuário surgiu a partir de uma promessa que ele fez à sua mãe. Márcio disse que iria em homenagem a ela, que tinha o hábito de todos os anos visitar o local, participando de excursões. Porém, esse desejo foi adiado por conta de um acidente que Márcio sofreu e lhe ocasionou uma lesão no joelho, o que fez ele ter que ficar sem pedalar por um tempo. “Pedi perdão para minha mãe e disse que não poderia pagar a promessa que fiz a ela”, contou.

No dia 16 de maio deste ano, a mãe de Márcio faleceu devido a um acidente vascular cerebral (AVC). Após momentos de tristeza, ele decidiu que cumpriria a promessa em nome dela. “A partir daí me voltei ainda mais aos treinos, chegando em julho a perder 80kg e chegar ao meu objetivo, depois disso foi só me preparar para a viagem”, contou.

Será a primeira viagem de bicicleta que Márcio fará. “Estou ansioso para sair logo. Não tenho ideia do que vou encontrar e nem como me sentir, muito menos se conseguirei realizar”, contou ele. Márcio saiu de Irati na madrugada desta sexta-feira (18) e vai percorrer mil quilômetros pelo caminho da fé. Ele pretende chegar em Aparecida do Norte em seis dias.

Texto: Daniela de Mello/Hoje Centro Sul

Fotos: Divulgação

Galeria de Fotos

COMENTÁRIOS