facebook
02/07/2020

Irati recebe veículo e equipamentos do Estado destinados ao Programa de Aquisição de Alimentos

Irati recebe veículo e equipamentos do Estado destinados ao Programa de Aquisição de Alimentos

Na manhã desta quinta-feira (02), Irati recebeu veículo zero quilômetro e uma série de equipamentos novos para uso do Centro de Processamento de Alimentos. O conjunto de itens foi repassado à Prefeitura pelo Governo do Estado do Paraná, na forma de Convênio com Cláusula de Cessão de Uso, oriundo do patrimônio da SEAB.

A entrega aconteceu na capital do Estado e foi feita ao prefeito Jorge Derbli pelo secretário de Estado da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, e por Márcia Cristina Stolarski, que é diretora do Departamento de Segurança Alimentar. Os equipamentos são destinados ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e integrarão o sistema de Segurança Alimentar de Irati.

“Somado a um moderno veículo do tipo furgão, para o transporte dos alimentos e um conjunto de equipamentos, este benefício vai facilitar o trabalho dos produtores e também da Prefeitura”, comentou Ortigara. Ele ainda detalhou que “é um processo de modernização da comida que vem da roça e vai à mesa de quem precisa, ou para escolas, ou também entidades que cuidam de pessoas carentes. É resultado de importante parceria entre o Estado e a União, beneficiando o município de Irati”.

Compõem o repasse uma van Renault Master, uma lavadora de alta pressão, duas balanças de piso com capacidade para 1.000kg, dois carros de transporte, um transportador/elevador de pallets, 177 caixas para hortifrutigranjeiros e sessenta unidades de pallets. No total, veículo e equipamentos somam R$ 125.814,00 em itens novos na presente cessão de uso.

Estímulo à agricultura familiar

O prefeito Jorge Derbli agradeceu ao Governo do Estado pelo repasse do lote de veículos, máquinas e demais equipamentos, num gesto que demonstra que está pensando no pequeno agricultor e, na outra ponta, melhorando a qualidade da merenda escolar das crianças de Irati”.

“Os bens discriminados que estamos recebendo irão melhorar cada vez mais a logística de entrega dos produtos oriundos da Agricultura Familiar que compõem a merenda escolar para as escolas e centros municipais do nosso Município. Aproximadamente 5.500 alunos são beneficiados com os produtos, garantindo uma alimentação adequada e de qualidade”, comenta Daniele Schlumberger, que é engenheira de alimentos, responsável pelo Centro de Processamento, e consultora alimentar em segurança de alimentos. 

“Desde o ano passado avançamos no cumprimento da recomendação do PNAE, com a compra de 55% dos produtos da Agricultura Familiar, e a intenção é a de aumentar cada vez mais essa aquisição. Nesses três meses letivos de 2020 que tivemos de aulas, atingimos 75% da compra dos produtos da Agricultura Familiar do nosso município”, explica a engenheira.

A compra de produtos da agricultura familiar para compor a merenda escolar significa prestigiar os pequenos produtores locais, gerando trabalho e renda no campo, fomentar a economia, e garantir alimentos saudáveis e de qualidade para os alunos da rede municipal de ensino.

“O sonho de todo agricultor é garantir a renda da família com a comercialização dos seus produtos, e ter condições para continuar trabalhando no campo. A ampliação do mercado voltado à agricultura familiar é fundamental para tornar isso possível, e em nosso município está sendo muito bem sucedido, através da compra para a compor a merenda escolar”, complementa Daniele.

“Desde 2017 o Centro de Processamento de Alimentos, foi colocado em funcionamento, atendendo o PNAE Municipal, com produtos oriundos da agricultura familiar local e, a partir de então, tem superado a meta de 30% deste tipo de aquisição, chegando a patamares muito maiores. Estes equipamentos virão fortalecer este atendimento e contribuir com a melhoria da estrutura do Centro de Processamento de Alimentos e da merenda escolar”, comentou o secretário municipal de Agropecuária, Abastecimento e Segurança Alimentar, Raimundo Gnatkowski.

Texto/Foto: Assessoria PMI

COMENTÁRIOS