facebook
30/10/2020

Festival Me ensine algo legal: Uma das heranças do ensino remoto

Mais do que manter as atividades escolares por intermédio da tecnologia, o Colégio São Pedro Canísio tem desenvolvido novas formas de interação e construção de conhecimento nesse momento de pandemia

Festival Me ensine algo legal: Uma das heranças do ensino remoto

O Festival Me ensine algo legal foi uma das inúmeras ações desenvolvidas pelo Colégio São Pedro Canísio durante o período de isolamento social como forma de manter atividades que, mesmo remotamente, possibilitem o crescimento humano e intelectual de seus alunos. Lançado no Youtube na segunda semana de setembro, o evento foi a concretização de um mês de trabalho poético-cultural realizado nas disciplinas de Língua Portuguesa e Oficina de Produção de textos, do Ensino Fundamental II.

A proposta do festival, segundo os organizadores, era de reunir saberes sobre diferentes culturas, por meio de histórias, manifestações poéticas e conhecimentos tradicionais. A máxima adotada foi a de que “todos têm algo a ensinar”, por isso, privilegiou-se uma abordagem menos formal dos temas, enfatizada pela próclise propositalmente utilizada no título do evento (“Me ensine”), pela participação de convidados externos, escolhidos e orientados pelos próprios estudantes, e pela liberdade criativa atribuída às turmas.

Durante o mês de preparação, os alunos se aprofundaram no estudo de quatro manifestações culturais – Gaúcha (6º ano), Nordestina (7º ano), Indígena (8º ano) e Africana (9º ano) – e buscaram formas de expressar esses conhecimentos por intermédio da tecnologia, principalmente com criação e realização de reuniões on-line, gravação e edição e vídeos, mobilização em redes sociais, dentre outras. Desse modo, o festival “foi mais do que uma alternativa ao momento, pois possibilitou à escola enxergar novos horizontes na relação entre tecnologia, educação e autonomia dos alunos, o que não se encerrará com o fim do ensino remoto”, destacou Patrícia Moravieski, diretora do colégio.

De acordo com os idealizadores do evento, o projeto inicial consistia na realização de um concurso literário, no entanto, percebeu-se, pelo caráter classificatório, que esse não seria o melhor formato, principalmente em um contexto que exige muito mais cooperação e construção coletiva do que competitividade. Assim, de acordo com os organizadores do festival, todos os alunos puderam participar a seu modo e de fato ensinar algo legal ao público, além de desenvolverem habilidades.

Os vídeos do festival continuam disponíveis no canal do Colégio São Pedro Canísio, no Youtube.

Texto/Foto: Assessoria CSPC

Galeria de Fotos

COMENTÁRIOS