facebook

Férias: O que fazer em Irati? Quais as opções de lazer e cultura disponíveis?

22/01/2024

Férias: O que fazer em Irati? Quais as opções de lazer e cultura disponíveis?

Moradores de Irati e região têm acesso a várias opções para aproveitar o período de férias na cidade e na área rural. São diversas cachoeiras, parques, além de riquezas naturais e culturais que proporcionam lazer e entretenimento, fazendo de Irati um destino turístico repleto de possibilidades para experiências interessantes

Nos meses de dezembro e janeiro, tradicionais períodos de férias, a escolha por viagens nem sempre é unânime. Alguns preferem explorar as opções locais ou regionais de lazer e cultura. Irati oferece uma gama de atrações, tanto em meio à natureza quanto no cenário cultural, para aqueles que optam por aproveitar as férias na cidade.

A professora de Educação Infantil Daiane Marczcaukowski da Luz é uma das pessoas que encontra refúgio em pontos turísticos de Irati, onde aproveita momentos tranquilos com seu filho. “Geralmente a gente vem aqui no Parque Aquático ou vai na Santa, porque são lugares gostosos de passar uma tarde, um tempinho. A gente sempre vem aqui para ler, porque é um lugar calmo, tranquilo; vem também para fazer piquenique, caminhadas, um passatempo, porque é um lugar muito bom”, conta Daiane, que é natural de São Mateus do Sul e reside em Irati há nove meses.

Ela comenta que neste período de férias preferiu a tranquilidade de Irati e que não pretende viajar. “O que mais atrai a gente aqui é o ambiente; nós gostamos muito de natureza, então sempre procuramos estar em locais assim”, cita a professora, acrescentando que pretende conhecer as cachoeiras do interior de Irati em breve.

Cachoeiras e turismo de aventura

Irati possui paisagens naturais exuberantes, incluindo belas cachoeiras. Uma das mais famosas está localizada no Distrito de Itapará, a aproximadamente 50 km do Centro de Irati. Leonardo Schenato Barroso, que atua na Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, destaca esta e outras opções de lazer em Irati. “A Cachoeira do Itapará, apesar de ser bastante distante do Centro, é um lugar realmente muito bonito. Dá para passar uma tarde, já conhece também a Igreja Ucraniana Assunção de Nossa Senhora”, sugere.

Outra que se destaca é Cachoeira Fillus, localizada praticamente no coração de Irati. Embora atualmente esteja carente de manutenção para acolher moradores e turistas, o lugar, em épocas passadas, era ponto de encontro para os iratienses nos finais de semana. A queda d'água está inserida em uma propriedade particular –  contudo, o acesso é livre –  e fica próximo ao Morro da Santa.

Na comunidade do Pinho de Baixo, na área rural do município, a aproximadamente a 12 km do Centro da cidade há outra cachoeira bastante visitada. Ela tem conquistado crescente popularidade entre moradores locais e turistas, especialmente durante o período de férias de verão.

Explorando ainda mais o interior de Irati, a aproximadamente 30 km do Centro, na localidade de Cerro do Canhadão, um destino um pouco diferente tem começado a chamar a atenção dos entusiastas do turismo de aventura em meio à natureza. A Caverna do Canhadão, ainda pouco explorada, tem dimensões de 48 metros de largura por 52 metros de comprimento.

Percebendo o potencial turístico da região, Mario Kanarski estabeleceu um ponto de apoio em uma chácara de propriedade de sua família, nas proximidades do local. "O que a gente faz é dar suporte, abrindo as portas da chácara para o pessoal, porque eles vêm ver a caverna e nunca tinha um banheiro, não tinha uma infraestrutura para acompanhar", conta.

Mario acolhe grupos de até 20 pessoas, proporcionando não apenas suporte essencial para a visita à caverna, mas também uma experiência gastronômica completa. Ele oferece café da manhã e almoço com costela como opção aos visitantes.

Além disso, ele investiu na criação de possibilidades de turismo de aventura e lazer dentro de sua propriedade. Essas iniciativas visam enriquecer a experiência dos visitantes.

Mario compartilha detalhes sobre a chácara e o trajeto até a caverna, que tem início em uma trilha próxima à propriedade. “Tem uma tirolesa que eu construí; temos um esquibunda, também cavalo, então tem um suporte. Quem veio até hoje gostou. São 1.500 metros de trilha –  muito bonita a trilha, com bastante xaxim, água, bem cuidadinho. Eu coloquei lixeira, ajeitei ela um pouquinho. E a caverna, ela é uma das maiores, naquele estilo de caverna ali de rocha, é uma das maiores do Paraná. Então a chácara está sempre à disposição atendendo o pessoal, principalmente no final de semana”, descreve.

O contato para mais informações sobre a Chácara Kanarski é o (42) 9917-7647.

Turismo cultural

Para aqueles que desejam explorar mais sobre a cultura de Irati, ao longo do caminho em direção à cachoeira do Pinho de Baixo, encontra-se o Museu Casa Dei Nonni. Nessa antiga residência os visitantes têm a oportunidade de mergulhar no passado ao observar móveis que remontam a cerca de 100 anos, incluindo antigos armários, uma cama de casal, utensílios domésticos, louças e ferramentas do trabalho doméstico cotidiano. O museu ainda exibe diversas fotografias que retratam a história dos antigos moradores e fundadores da comunidade, proporcionando uma experiência imersiva e educativa.

Leonardo Schenato Barroso explica que para agendar visita ao Museu é necessário contatar a Diretoria da Associação Cultural Ítalo-Brasileira Chiaro Di Luna, através do telefone: (42) 9 9804-5109.

Outra opção cultural, localizada no Centro de Irati, é a Casa da Cultura - Fundação Edgard & Egas Andrade Gomes. Essa construção, erguida por volta de 1919 como residência da família Gomes, foi doada ao município em 2004. Transformada em Casa da Cultura, o local promove exposições tanto itinerantes quanto fixas.

Na parte inferior do edifício, encontra-se o Museu Municipal de Irati, que abriga um vasto acervo de objetos, fotografias e documentos que contam a rica história da cidade, permitindo aos visitantes uma imersão profunda nas raízes e evolução de Irati ao longo dos anos.

Turismo religioso

No cenário do turismo religioso, Irati se destaca com o Monumento Nossa Senhora das Graças, uma das maiores do mundo, com 22 metros de altura. A construção da obra teve início em 1957, marcando as celebrações do aniversário de 50 anos de Irati. Na capela, em dias festivos e especiais do calendário católico, são celebrados missas e novenas.

Atualmente o local possui estacionamento, capela, loja de souvenir e um mirante com vista da cidade e do pôr do sol.

Além deste monumento, diversas igrejas espalhadas pela área urbana e rural de Irati contam um pouco da história religiosa e cultural de imigrantes que vieram para o município.

Parques

Da mesma forma que Daiane Marczcaukowski da Luz e seu filho, muitos moradores de Irati buscam os parques da cidade para desfrutar de momentos de lazer. O mais conhecido é o Parque Aquático, inaugurado em 1989. O espaço oferece uma variedade de atrativos, incluindo um lago habitado por peixes e patos, um pavilhão de exposições utilizado para eventos culturais, quadras esportivas, uma pista de cooper/ciclismo, trenzinho, academia ao ar livre e um playground destinado às crianças.

“O Parque Aquático é interessante, pois, aos sábados, domingos e feriados, funciona o trenzinho do Parque, com o José Maria Gracia Araújo fazendo a animação, além de ter os brinquedos e opções diversas de vendas ambulantes. Assim, é um local bem bacana em relação a levar crianças”, avalia Leonardo Barroso. “Também temos o Parque da Vila São João, que tem um espaço bem amplo, inclusive com pista de corrida e de caminhada, além de outras opções esportivas”, complementa.

Diversão para as crianças

Irati também possui espaços particulares dedicados exclusivamente para a diversão das crianças no período de férias escolares. A Kellyn Brenda Chriezanoski Carneiro é proprietária da Colônia de Férias Chácara Girassol, no Pinho de Baixo. Com formação em pedagogia, ela iniciou a colônia durante a pandemia de Covid-19. A ideia surgiu da necessidade de uma fonte de renda após ficar desempregada.

“Nossa primeira turminha tinha 10 crianças e foi um sucesso, porque foi uma demanda muito grande na época que a gente acabou atendendo”, conta. Em 2022, foi realizada uma semana de colônia de férias em janeiro e as próprias mães começaram a divulgar o trabalho. Então foi necessário fazer uma segunda semana. Em 2023 e 2024, a história se repetiu.

Entre as atividades comuns no local estão brincadeiras livres, contato com a natureza, oficina de culinária, banho de lama, torta na cara, piquenique, gincanas e atividades dirigidas, além de atividades variáveis dependendo da semana, como pinturas, teatro, caça ao tesouro, slackline, festa à fantasia, entre outras atividades que divertem as crianças.

Atualmente a colônia de férias oferece pacotes com ou sem transporte incluso, além de lanches embutido no valor. Quando eu sentei para montar a nossa colônia de férias, antes de sequer ter o nome, muito além de ter a visão de professora, muito além de ter a formação de pedagogia, eu questionei como mãe. Por isso eu faço um pacote que inclui a colônia de férias, a recreação das 13h às 17h, incluso o transporte, o lanche e todo e qualquer material que a gente precise aqui durante as atividades. É tudo simples, tudo caseiro”, descreve Kellyn.

O contato para mais informações sobre a Colônia de Férias Chácara Girassol é o (42) 9 9997-9308.

Texto: Lenon Diego Gauron

Comentários

🗞️📰 Edição 1567 - Já nas bancas!
  • Direitos Autorais

    Textos, fotos, artes e vídeos do Jornal Hoje Centro Sul estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. É expressamente proibido a reprodução do conteúdo do jornal (eletrônico ou impresso) em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização expressa do Jornal Hoje Centro Sul.

  • Endereço e Contato

    Rua Nossa Senhora de Fátima, no 661
    Centro, Irati, PR - CEP 84500-000

    Tel: (42) 3422-2461

  • Pauta: jornalismohojecentrosul@gmail.com

    Expediente: de segunda à sexta das 8h às 17h

JORNAL HOJE CENTRO SUL - © 2020 Todos os Direitos Reservados
Jornalista Responsável: Letícia Torres / MTB 4580