facebook
21/09/2021

Detentos de São Mateus do Sul devem ser transferidos para penitenciárias

Detentos de São Mateus do Sul devem ser transferidos para penitenciárias

Um decreto assinado na quarta-feira (15) pelo governador Carlos Massa Ratinho Júnior pretende colocar todos os detentos em custódia sob a gestão plena do Departamento Penitenciário do Paraná (Depen). A conclusão da fase atual de mudança na administração carcerária envolve 70 municípios e pretende zerar o número de presos sob os cuidados da Polícia Civil em outros 58 municípios.

A realidade prisional de São Mateus do Sul se encaixa nesse contexto. A carceragem da 3ª Subdivisão Policial (SDP) da comarca de São Mateus do Sul está proibida, por determinação judicial, de receber novos detentos desde o dia 10 de setembro devido  aos casos positivos de coronavírus. Sob o cuidado de agentes da polícia civil, são em torno de 100 detidos, num espaço para pouco mais de 30.

Além da superlotação, a permanência de pessoas sob custódia de policiais civis não permite que os agentes façam o trabalho investigativo. Segundo estimativa da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SESP) do Paraná, cerca de 3.200 agentes que antes estavam deslocados de função serão incorporados ao novo dia a dia da instituição, totalizando 4.000 policiais na linha de frente.

O Governo Estadual não definiu a data exata para concluir a transferência dos detentos de cidades que têm cadeias públicas junto de delegacias – caso de São Mateus do Sul, que atende também Antônio Olinto e tem detidos de município da região: São João do Triunfo, Mallet, Lapa e União da Vitória. Esses foram transferidos recentemente das suas cidades para a 3ª SDP são-mateuense.

Novas prisões

15 prisões, entre novos complexos e ampliações de capacidade, serão entregues até o fim de 2022. Cinco deles, as cadeias públicas de Foz do Iguaçu, Ponta Grossa, Londrina e Guaíra e a Penitenciária Estadual de Piraquara (PEP II) serão finalizadas até dezembro, ofertando mais 3.509 vagas.

O que muda é o trabalho de defesa e visita de familiares que terão que se deslocar para outros municípios, onde estarão os detentos.

Texto: Da Redação/Cultura Sul FM, com informações AEN e Depen

Foto: Agência Estadual

COMENTÁRIOS