facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1230 - Já nas bancas!
08/05/2020

Cartão Comida Boa é entregue para os municípios da região e beneficiará 21.615 famílias

Trata-se de um auxílio de R$ 50,00 por mês, durante três meses, destinado pelo Governo do Paraná às famílias carentes para a compra de alimentos

Nos municípios da região, 21.615 famílias serão beneficiadas pelo Cartão Comida Boa e receberão R$ 50,00 por mês, durante três meses, para comprar comida. Trata-se de uma ação do Governo do Estado de auxílio para o enfrentamento aos efeitos do coronavírus e, na tarde desta quarta-feira (06), os prefeitos tiveram acesso aos vales, durante reunião na sede da Associação dos Municípios do Centro Sul do Paraná, Amcespar.

Ao todo, foram destinados R$ 986.500,00 neste mês de maio para os municípios do Centro Sul. O montante refere-se à primeira parcela do auxílio às famílias carentes neste momento de Covid-19 e foi entregue aos municípios atendidos pelo Núcleo Regional de Irati da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento (SEAB), que engloba nove municípios do Centro Sul. São eles: Fernandes Pinheiro, Guamiranga, Imbituva, Inácio Martins, Irati, Mallet, Rebouças, Rio Azul e Teixeira Soares.

Irati, que tem a maior população da região, recebeu o maior valor, R$ 307.700,00 destinados a R$ 6.155 famílias. Já Guamiranga recebeu o menor valor, R$ 47.500,00 destinados a 950 famílias. Ver tabela com todos os municípios.  Nos meses de junho e julho, as outras duas parcelas deste auxílio, de igual valor, serão repassadas. 

A entrega dos vales do Cartão Comida Boa às famílias carentes deverá ser feita pelos municípios, com apoio da Defesa Civil, Secretaria de Justiça, Família e Trabalho (SEJUF), Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento (SEAB). Cada município definirá e divulgará os pontos de entrega nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) , Centros de Referência Especializadas em Assistência Social (CREAS) e outras entidades ou instituições que julgar convenientes,  para evitar aglomerações.

Como funcionará

O prefeito de Irati, Jorge Derbli, explicou como funcionará o Comida Boa. “As famílias carentes, de posse deste cartão, poderão ir até aos supermercados e estabelecimentos credenciados, para comprar a alimentação básica para atender suas necessidades”. O prefeito agradeceu aos representantes do Governo do Estado presentes, e também ao governador Ratinho Júnior, pela sensibilidade e iniciativa de atender as pessoas que mais precisam, neste momento em que passam dificuldades em função do Coronavírus.

Já os estabelecimentos que comercializam alimentos, deverão se cadastrar para vender para o Comida Boa, como explica a chefe do Núcleo Regional da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento (SEAB), Adriana Baumel. “O credenciamento do estabelecimento comercial que quer participar do programa Comida Boa e as normas para o mesmo estão no site da SEAB. O gerente ou o proprietário do estabelecimento entra no site e já na página principal está o link do Programa Comida Boa”, diz.  Segundo ela, no site estão todas as orientações e o cadastro é automático e autoexplicativo. “A partir do cadastro, em até 24 horas o estabelecimento já poderá começar a trabalhar com o programa”, complementa Adriana.

Outra observação da chefe da SEAB é que “o beneficiário poderá utilizar o cartão por até três meses seguidos, ou, se perdurar a pandemia, pelo tempo que for definido por lei. É, sem dúvida, um importante aditivo aos programas federal e municipal neste momento”.

Presentes

O evento de apresentação do Comida Boa contou com a presença do presidente da Amcespar, prefeito de Inácio Martins, Junior Benato, e dos prefeitos de Irati Jorge Derbli, de Teixeira Soares Lula Thomaz, de Fernandes Pinheiro Cleonice Schuck, de Imbituva Bertoldo Rover, de Mallet Moacir Szinvelski, de Rebouças Luiz Everaldo Zak e de Rio Azul Rodrigo Solda,   da técnica do escritório regional da SEJUF, Thais Lourenço Bustamante, da chefe da Seab, Adriana Baumel, do Chefe da 4ª Regional de Saúde, Walter Trevisan.

Texto: Da Redação/Hoje Centro Sul

Fotos: Assessoria Amcespar e Assessoria PMI

Visualizar Anexo