facebook
06/12/2019

Conteúdo do Hoje Centro Sul será destaque em material didático nacional

Conteúdo do Hoje Centro Sul será destaque em material didático nacional

Nesta semana, a Editora FTD, uma das maiores do Brasil e do mundo, entrou em contato com o Hoje Centro Sul solicitando autorização para reproduzir o editorial “Os desafios no combate ao bullying”, divulgado no dia 25 de março de 2019, em seus livros didáticos.

O editorial será incluído no Sistema de Ensino FTD, no livro didático/apostila na disciplina de Língua Portuguesa 8º ano capítulo 4, que terá tiragem inicial de 20.000 exemplares, podendo ser republicado.  

De acordo com o ‘Global 50. The Ranking of International Publishing in 2018’, a Editora FTD, pertencente ao Grupo Marista, está entre as 50 maiores editoras do mundo.  Junto a ela, dentre as brasileiras, apenas a editora “Somos” também faz parte do ranking.

 “Fico emocionado em ver o reconhecimento nacional da qualidade do conteúdo jornalístico produzido pela nossa equipe. É o que diferencia um jornal de um ‘blog’. Nós produzimos conteúdo e além de levar a informação nos preocupamos com a formação de novos leitores”, comenta o diretor do Hoje Centro Sul, Ciro Ivatiuk, parabenizando todos que trabalham na empresa e se dedicam para a produção do jornal.

A possibilidade de colaborar para o processo educacional no município e no país é enfatizada pela diretora Letícia Torres. “Para auxiliar no processo de ensino-aprendizagem na nossa região, desde que assumimos a direção do jornal, em 2013, criamos o projeto de incentivo à leitura Leia Hoje, que disponibiliza jornais gratuitamente para as escolas de vários municípios. E agora, ampliamos muito a presença para todo território nacional de nosso conteúdo nas escolas com esta solicitação da FTD, o que nos honra”, diz.

Sobre a Editora FTD

A FTD nasceu no Brasil, em 1902, ampliando a atuação dos Irmãos Maristas que estavam no país desde 1897 na direção de vários colégios. FTD é uma homenagem a Frère Théophane Durand, Superior Geral da Congregação Marista entre os anos de 1883 e 1907. Durante sua gestão, ele incentivou os Irmãos a escrever livros escolares para as demais disciplinas. Esses livros passaram a integrar a coleção, que recebeu o título de Coleção de Livros Didáticos FTD. Sua atitude deu enorme estímulo à produção de obras didáticas para todas as disciplinas.

Os mais de 100 anos pensando muito além de livros e da sala da aula inspiraram na FTD um movimento de abraçar um compromisso ainda maior: o de transformar a sociedade por meio da Educação, com a vontade de pensar além e enxergar a Educação como um momento que inspira descoberta, escolha, liberdade e cidadania.

Da Redação/ Hoje Centro Sul

COMENTÁRIOS