facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1230 - Já nas bancas!
10/06/2020

Corpus Christi terá procissão diferente neste ano

Corpus Christi terá procissão diferente neste ano

Neste ano, a solenidade de Corpus Christi, também conhecida como a Festa da Eucaristia, será diferente em Irati. Na quinta-feira (11), após a missa das 15h na Matriz Nossa Senhora da Luz,  a procissão ocorrerá sem a participação dos fiéis. Apenas o pároco e sua equipe conduzirão o Santíssimo pelas ruas da cidade em um carro aberto.

A recomendação da Matriz Nossa Senhora da Luz é que os fiéis permaneçam em casa – para evitar aglomerações devido à pandemia do novo coronavírus. Orienta que enfeitem as janelas de suas casas ou montem pequenos altares diante das residências. A procissão passará por diversas ruas e também será possível acompanhá-la através da transmissão ao vivo que será feita através da emissora de rádio Vale do Mel.

Trajeto da procissão

A procissão sairá da Matriz, às 16 horas e passará pelas seguintes ruas: Alfredo Kaminski,  Sebastião Mendes, 24 de maio, Marechal Theodoro, Benjamin Constant, com parada na frente da unidade de saúde Ademar Vieira de Araújo. Segue pela Edgar Távora e Antônio Lopes

e para na frente da Capela N. Sra. das Graças (Canisianas). Segue pela rua São Pedro Canísio, Antônio Galicioli e para na frente do hospital Agnus Dei. Segue pela rua Albino Grigoletti,  Conselheiro Zacarias e para na praça da Bandeira. Segue pela rua Marechal Theodoro, Prefeito Alcides Boese, Natalina Tonial Boffe e para em frente ao hospital Erasto Gaertner. Segue pela rua Luisa S. Stroparo, Frei Irineu de Paduá e para em frente a Capela São Francisco. Segue pela rua Daniel Moreira, Irmã Helena Olek, Francisco Stroparo, Senhorinha Lopes, Dr. José A. da Silva, Agostinho Zarpelon, Angelim Moseli, 15 de julho e para em frente da delegacia. Segue pela rua Coronel Pires onde haverá a Benção com o Santíssimo Sacramento. Neste ano não será confeccionado o tradicional tapete, que costumava colorir as principais ruas da cidade.

Missas em drive in

Duas das quatro paróquias de Irati adotaram, desde o último final de semana, a transmissão das missas por caixas de som, para  que crianças e idosos possam acompanhar as celebrações de dentro de veículos nos estacionamentos das igrejas. Adotaram o sistema de missas em drive in a Paróquia Nossa Senhora da Luz e a Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Na missa de Corpus Christi, na matriz Nossa Senhora da Luz, também será possível participar sem deixar o carro. Ou sentando-se nas cadeiras dispostas na área externa da igreja. Na parte interna, podem estar até 100 pessoas, utilizando máscaras.

História do Corpus Christi

A festa de Corpus Christi foi instituída oficialmente pelo papa Urbano IV, com a publicação da bula Transiturus de hoc mundo, em 8 de setembro de 1264, com a celebração marcada para a quinta-feira após a solenidade da Santíssima Trindade.

A origem da festa remete à devoção eucarística iniciada na França e na Bélgica, antes do século XII. Mas foi somente 50 anos depois da morte de Urbano IV que a Solenidade ganhou caráter universal definitivo. A partir do século XIV, no papado de Clemente V, foram instituídas as Constituições do Corpus Júris, e 1313, as quais tornara a Festa da Eucaristia um dever canônico mundial. No mesmo documento, ficou estabelecido o dever de levar a Eucaristia em procissão pelas vias públicas, o que foi fortalecido pelo Concílio de Trento (1545-1563), como ação de graças pelo dom Eucarístico e como manifestação pública da fé na presença real de Cristo na Eucaristia.

O Concílio Vaticano II vinculou a celebração ao mistério pascal de Jesus Cristo, dando novo significado à festividade. E, em 1983, o novo Código de Direito Canônico manteve a obrigação de se manifestar “o testemunho público de veneração para com a Santíssima Eucaristia” e “onde for possível, haja procissão pelas vias públicas”.

Texto: Da Redação/Hoje Centro Sul, com informações históricas CNBB

Foto: Divulgação