facebook
02/06/2021

Corpus Christi, como viver o feriado santo em meio à pandemia?

Padre recomenda que as pessoas vivam o Corpo de Cristo dentro das possibilidades, priorizando o cuidado e a saúde de todos

Corpus Christi, como viver o feriado santo em meio à pandemia?

Este ano o feriado de Corpus Christi é no dia 03 de junho. A data é móvel e é celebrada sempre na quinta-feira após o domingo da Santíssima Trindade, que por sua vez, acontece após o domingo de Pentecostes, ou seja, 60 dias após a Páscoa.

Antes da pandemia, na cidade de Irati, era costume celebrar Corpus Christi com procissões pelas ruas, reunindo membros das quatro paróquias da cidade (São Miguel, Nossa Senhora do Perpetuo Socorro, São João Batista e Nossa Senhora da Luz). Devido às novas circunstâncias da pandemia da Covid-19, desde o ano passado cada paróquia realiza de modo particular.

Cada paróquia tem os seus horários de missas e celebrações com suas comunidades, as pessoas podem verificar pelos meios de comunicação de cada uma.

A paróquia Nossa Senhora da Luz, por exemplo, tem neste dia tem três celebrações, sendo: 10h, 15h e 18h. Todas essas celebrações poderão contar com a presença máxima 25% de fiéis dentro da igreja. Nestes horários, os fiéis também poderão participar pelo sistema drive-in.

“Todas as celebrações estão sendo preparadas conforme o decreto municipal e orientações do COEF, bem como segundo as prescrições de nossa diocese – (uso de álcool gel, máscaras e distanciamento) ”, enfatiza o padre da Paróquia Nossa Senhora da Luz, Alexandre Spena Regueira.

Após a celebração das 15 horas, haverá a transladação do Santíssimo Sacramento por algumas ruas da cidade e que fazem parte do território paroquial e que será transmitida por alguns meios de comunicação que já irão transmitir a missa das 15h. “Desta forma, a população poderá acompanhar, participar e vivenciar este dia tão importante para nós da Igreja Católica”.

Recomendações para o feriado

Todos sabem que o cenário atual é atípico, a presença nos templos acaba sendo restrita e não podem acontecer aglomerações pelo bem da saúde de todos.

“Restritos de realizar a tradicional procissão na festa de Corpus Christi, mas como Igreja, como batizados, todavia, podemos realizar uma ‘vida eucarística’ e assim, celebrar de forma menor, porém, não com menos dignidade, não precisa perder a força do seu significado de celebrar a festa da Eucaristia”, informa padre Alexandre.

As recomendações principais repassadas por ele é para que as pessoas vivam o momento com grande fé e devoção. Realizem aquilo que podem como cidadãos e cristãos, mantendo o cuidado próprio e com o próximo. “Somos responsáveis uns pelos outros e, neste tempo, ainda mais, percebemos a importância do outro em nossa vida”, ressalva o padre.

Encontro com Deus

A solenidade de Corpus Christi traz sobre o mistério da presença de Deus vida dos cristãos. Segundo o padre Alexandre é uma oportunidade de, nestes tempos de pandemia que podem levar a perdas de valores, principalmente do esquecimento de Deus.

“Cada um de nós nos recolocarmos a caminho daquele com quem já nos encontramos, mas que necessitamos de continuar buscando-o ainda mais. Esta solenidade coloca-nos no centro e sentido de todas as demais celebrações”, finaliza o padre.

Texto: Cibele Bilovus

Fotos: Pascom Nossa Senhora da Luz

Galeria de Fotos

COMENTÁRIOS