facebook
18/06/2021

Cartão Prato Cheio está sendo entregue em Irati para auxiliar famílias de baixa renda

Além de auxiliar 3.335 famílias afetadas pela pandemia, que possuem renda per capita de, no máximo, meio salário mínimo, a iniciativa da administração municipal de Irati também pretende injetar R$ 1,5 milhão na economia local

Cartão Prato Cheio está sendo entregue em Irati para auxiliar famílias de baixa renda

Na segunda-feira (14), teve início em Irati a entrega do Cartão Prato Cheio às famílias em situação de vulnerabilidade social. O primeiro cartão foi entregue pelo prefeito Jorge Derbli para Luciane de Oliveira, no Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) da Vila São João.

Instituído com recursos próprios do Município, o programa beneficiará famílias iratienses de baixa renda (renda per capita de, no máximo, meio salário mínimo), inscritas no Cadastro Único, com três parcelas de R$ 150,00 para a compra de alimentos em 17 estabelecimentos credenciados em Irati.

“É uma ajuda emergencial do Município de Irati para as pessoas que precisam nesta época de pandemia. Desta maneira estamos ajudando com a compra de alimentos e ao mesmo tempo fomentando o comércio local, pois este cartão poderá ser utilizado somente nos estabelecimentos de Irati”, explica o prefeito Jorge Derbli.

Com a iniciativa, além de auxiliar às famílias mais afetadas pela pandemia, a administração pretende injetar R$ 1,5 milhão na economia local.

Ao todo, serão distribuídos 3.335 cartões para ajudar as famílias em seu orçamento. As entregas vão até o dia 21 de junho e estão sendo feitas nos quatro CRAS de Irati – CRAS Vila São João, CRAS Lagoa, CRAS Canisianas e CRAS Lagoa – seguindo um cronograma estabelecido pela Secretaria Municipal de Assistência Social para evitar aglomerações. Além das entregas nos CRAS, também estão sendo destinados cartões para a área rural, para atender as famílias em situação de vulnerabilidade social residentes no interior.

Na avaliação da secretária municipal de Assistência Social de Irati, Sybil Dietrich, o programa assegura direitos às pessoas que mais precisam de auxílio. “É uma iniciativa da administração municipal de extrema importância para garantir direitos e pensando no bem-estar da população”, destaca a secretária.

Luciane de Oliveira, moradora do loteamento Cartoon, que recebeu o primeiro Cartão Prato Cheio afirma que é “uma ótima iniciativa”. “Foi muito bom para mim e para as pessoas que necessitam, precisam”, diz Luciane. 

A vice-prefeita de Irati, Ieda Waydzik, cita que o Programa Cartão Prato Cheio foi criado pela administração com o objetivo de dar assistência, de cuidar daqueles que são mais vulneráveis.  “São ações como esta que tornam Irati uma cidade mais feliz, uma cidade em que nós valorizamos as nossas famílias, as nossas crianças, os nossos idosos”, afirmou Ieda. 

Cadastro

A Secretaria de Assistência Social lembra que só é aceito um cadastro por família. Este deverá ser preenchido pelo responsável familiar que consta no Cadastro Único. Os cadastros passarão pela avaliação da equipe técnica do CRAS.

Dúvidas podem ser esclarecidas nos CRAS, ou por telefone: CRAS Lagoa (3907-3137), CRAS Vila São João (3907-3041 e 99123-3160), CRAS Canisianas (3907-3111 e 99101-7158) e CRAS Rio Bonito (3907-3034 e 99109-0209).

Texto: Da Redação/Hoje Centro Sul

Fotos: Ciro Ivatiuk/Hoje Centro Sul

Galeria de Fotos

COMENTÁRIOS