facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1230 - Já nas bancas!
30/06/2020

Associação Assis faz repasse de alimentos agroecológicos

Associação Assis faz repasse de alimentos agroecológicos

Na manhã desta terça-feira (30), a Associação São Francisco de Assis fez um repasse de mais de 1.000kg de alimentos orgânicos, que serão entregues pela Secretaria de Assistência Social de Irati a famílias necessitadas do Município. A entrega aconteceu no Centro de Processamento de Alimentos, onde os produtos foram separados e acondicionados em kits.

No total foram repassados 150 kg de feijão, 100 kg de arroz, 130 kg de batata, 130 kg de batata doce, 130 kg de mandioca descascada, 100 kg de pinhão, 100 kg de repolho, 100kg de laranja e 100 kg de pão caseiro. Com os produtos foram montados 91 kits de alimentos.

“Os produtos agroecológicos que recebemos possuem mais qualidade nutricional, livres de contaminantes, agrotóxicos e insumos químicos. Foi uma alegria em poder receber essa doação que servirá de alimentação de qualidade para muitas famílias em estado de vulnerabilidade”, acrescenta Daniele Schlumberger, engenheira de alimentos do Centro de Processamento de Alimentos de Irati.

A ação foi resultado de uma parceria entre a Assis e a Organização Terra de Direitos, de Curitiba, que participou com R$ 5 mil para custeio de parte dos alimentos, mais R$ 500 para a logística. A Terra de Direitos é uma entidade de Direitos Humanos que atua na defesa, na promoção e na efetivação de direitos, especialmente os econômicos, sociais, culturais e ambientais.

Associação está sendo retomada

“A Associação Assis está sendo reativada agora”, comenta o vice-presidente da entidade, Osires Gabriel Lopes. “Nosso objetivo é certificar a propriedade, o que já está praticamente sendo obtido, e nossa mentalidade é a produção de um alimento saudável, o que é melhor para todos, para quem produz e quem consome”.

O presidente Geovane Tiago Tucholka esclarece que “são 16 famílias que estão deixando de lado o cultivo convencional para, nesta transição” adotar o orgânico”.

O agricultor familiar Gelson Luiz de Paula, que também integra a Associação Assis e pratica agroecologia, explica que “a associação estava fragilizada, com dificuldade em ser retomada, e foi justamente no período de pandemia que todos somaram esforços e buscaram parcerias. A Assis tem este histórico da formação de grupos e de alimentos agroecológicos na região”. Ele também acrescenta que, “com o trabalho da entidade, mais pessoas terão acesso a um alimento saudável e de qualidade, longe do estigma de um produto muito caro”.

Sybil Dietrich, secretária de Assistência Social, enalteceu a iniciativa que beneficia produtores e famílias em situação de vulnerabilidade e agradeceu a parceria com a Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Segurança Alimentar de Irati. “É gratificante por aproximar os produtores daquelas famílias que mais necessitam e dar a elas a oportunidade de consumir um alimento orgânico”.

Texto/Foto: Assessoria PMI