facebook
15/09/2021

Agentes da Guarda Municipal recebem instruções sobre fiscalização de veículos de carga

Agentes da Guarda Municipal recebem instruções sobre fiscalização de veículos de carga

A Guarda Municipal de Irati participou de um treinamento e instrução com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) sobre a fiscalização de veículos de carga. As aulas teóricas foram ministradas no Centro da Juventude. Já, a parte prática aconteceu na Avenida Noé Rebesco.

A parceria entre a GM e a PRF vem sendo mantida há muito tempo. Marco Aurélio Malat, agente da PRF, explicou que a instrução visa preparar os guardas municipais para que eles possam fiscalizar o transporte de cargas pelas ruas da cidade e estradas do interior. “Situações, como a amarração da carga, fiscalização de equipamentos obrigatórios, como o tacógrafo e outros detalhes. A PRF, por ter esta ‘expertise’ de fiscalizar, diariamente, também quer compartilhar para garantir a segurança viária de todo o trânsito da região”, frisou.

O secretário de Segurança Pública, Edson Luiz Elias, enalteceu a parceria da Guarda Municipal com a PRF e outros órgãos ligados ao setor, como a 8ª Companhia Independente da Polícia Militar (8ª CIPM), a Patrulha Escolar, a Delegacia de Polícia Civil, o Corpo de Bombeiros e o Iratran. “Todos estão unidos em prol da segurança, diuturnamente, de domingo a domingo, 24 horas por dia, em patrulhamentos preventivos, inclusive na área rural do município”, destacou Elias.

Sobre o treinamento

A legislação prevista no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e as resoluções do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que complementam e definem detalhes das fiscalizações, podem ser aplicadas em qualquer via pública, conforme explica Malat. “Onde a Guarda Municipal tiver competência para fazer a fiscalização e a atuação, ela poderá aplicar todas estas regras de conduta”, afirmou o policial rodoviário.

Para não serem autuados dentro da fiscalização, os condutores de veículos de carga devem seguir algumas regras, como a colocação de faixas retrorefletivas na lateral e na traseira. Além disso, o para-choque deve estar perfeito, sem deficiências, e o sistema de iluminação deve funcionar perfeitamente. Os caminhões devem estar equipados com o cronotacógrafo, pois em caso de acidente, o motorista poderá provar que estava respeitando a legislação. O excesso de peso será fiscalizado junto com a altura da carga, seja ela a granel ou fracionada.

“São regras diferentes: o limite da carga depende do limite da carroceria e da altura do transporte, cujo limite é de 4,40m, devidamente, amarrada com cintas, cabos de aço, correntes, dependendo da carga, se for a granel, com lona. Todos estes detalhes e procedimentos de amarração estão sendo apresentados ao pessoal”, frisou o agente.

Em caso de flagrante, a pesagem pode ocorrer em qualquer local que tenha uma balança devidamente aferida pelo Inmetro. “Pode ser feita na rodovia para aferir, mas o auto de infração e os procedimentos são feitos pela instituição responsável pela fiscalização. Em qualquer local, desde que a balança esteja, devidamente, aferida, pode ser realizada a pesagem”, contou Malat, responsável pelo treinamento da GM.

Texto/Fotos: Assessoria PMI

Galeria de Fotos

COMENTÁRIOS