facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 969 - Já nas bancas!
17/06/2016

Projeto Bombeiro Comunitário treina agentes para atuar na região

Projeto Bombeiro Comunitário treina agentes para atuar na região

Para atuar no projeto Bombeiro Comunitário em Prudentópolis, Rebouças e Mallet, 14 agentes da defesa civil estão realizando treinamento teórico e prático, coordenado por profissionais do Corpo de Bombeiros de Irati. Na quinta-feira (09), os agentes realizaramuma ação prática da disciplina Combate  e Prevenção de Incêndio Florestal.

Em um incêndio simulado, os alunos aprenderam as principais técnicas paraconter o fogo, quando este atinge árvores e mato.  O treinamento ocorreu em Fernandes Pinheiro, sob a responsabilidade do sargento Garcia. "Hoje,em Fernandes Pinheiro, desenvolvemos a parte prática de combate à incêndio florestal, que é parte do curso. Ao todo, os agentes da defesa civil têm 10 disciplinas, 280 horas,  mais 96 horas de estágio que eles fazem no Corpo de Bombeiros de Irati", informou o sargento.Nas disciplinas eles recebem informações sobres salvamentos diversos, combate a diferentes tipos de incêndio,resgate em veículos, noções de legislação, dentre outros temas.

Para atuar no projeto Bombeiro Comunitário os agentes são contratados pelos municípios, através de concursos públicos. O governo do Estado financia a construção do Posto de Bombeiros, através da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e fornece o caminhão para o combate a incêndio.

Nos municípios,a presença de pessoas capacitadas e com  infraestrutura para o atendimento imediato,  pode salvar vidas ou evitar grandes transtornos e prejuízos, combatendo incêndios.

"A primeira intervençãoseria deles no local e depois, caso a ocorrência seja de grande magnitude vai deslocar o bombeiro militar mais próximo da área, para dar o suporte", explica o sargento Garcia.

O projeto Bombeiro Comunitário existe no Paraná desde 2004 e hoje está presente em 52 cidades, segundo o sargento.  Ele ainda comenta, que Prudentópolis foi um dos dois primeiros municípios que recebeu o projeto em 2004. O outro foi Campina Grande do Sul.

 

Texto: Da Redação/Hoje Centro Sul

Fotos: Ciro Ivatiuk/Hoje Centro Sul

Galeria de Fotos