facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 982
11/02/2016

PM apreende adolescente acusado de atear fogo em casas em Irati

A Polícia Militar apreendeu um menor de idade, que admitiu ter ateado fogo em uma residência no Conjunto Jardim das Américas, na noite de quarta-­feira, 10.

PM apreende adolescente acusado de atear fogo em casas em Irati

A Polícia Militar apreendeu um menor de idade, que admitiu ter ateado fogo em uma residência no Conjunto Jardim das Américas, na noite de quarta-­feira, 10. O adolescente ainda confessou que participou de outro incêndio em edificação no mesmo bairro no dia 8 de fevereiro. Na oportunidade, um carro e uma motocicleta também foram incendiados.

O adolescente foi localizado após um princípio de incêndio em uma casa na rua Doutor Oswaldo Gotlieb Filho, na noite de quarta-­feira, 10. A equipe do Corpo de Bombeiros de Irati foi acionada e controlou o incêndio. Não houve registro de feridos. Segundo a Polícia Militar, a proprietária da residência havia se mudado recentemente. Em patrulhamento no bairro, os policiais foram informados por populares sobre os possíveis autores do incêndio.

Um adolescente foi abordado e confessou a autoria do incêndio criminoso. O adolescente também afirmou que ateou fogo em outra residência no Jardim das Américas, na segunda­feira, 8. O menor disse que contou com auxílio de mais uma pessoa para incendiar as casas. Esse suspeito não foi localizado pela polícia. Uma munição de calibre 22 foi encontrada na residência do adolescente. Ele havia relatado que também havia maconha no local. No entanto, a droga não foi localizada.

Em seguida, o menor foi apreendido e conduzido até a Delegacia de Polícia Civil de Irati. Outro princípio de incêndio foi registrado na manhã de quarta­-feira, 10, na rua Presidente Juscelino Kubitschek, no Jardim das Américas. A equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e combateu as chamas. A PM também esteve no local, mas não conseguiu localizar o dono da residência. O incêndio causou danos em um sofá, que estava em um dos cômodos da casa. A mesma casa já havia sido arrombada no fim da noite de terça­-feira, 9.

Os ladrões furtaram móveis, eletrodomésticos, alimentos, roupas, brinquedos, entre outros pertences do local. Naquela oportunidade, o proprietário da casa relatou que recebeu ameaças por telefone. O autor das ligações anônimas disse que pretendia furtar os pertences e atear fogo na residência

 

Texto: Da Redação

Foto: Ciro Ivatiuk/Hoje Centro Sul

Galeria de Fotos