facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1178 - Já nas bancas!
07/11/2019

Irati lança o projeto Saúde nos Bairros

Inicialmente seis localidades que não possuem unidade de Saúde receberão atendimento médico, que será feito em um ônibus

Irati lança o projeto Saúde nos Bairros

Prefeitura de Irati lançou nesta terça-feira (05), o projeto “Saúde nos Bairros” para aproximar os serviços de saúde dos moradores de seis localidades da área urbana de Irati.

Os locais não contam com unidades de saúde próximas e a partir de agora terão acesso a atendimento médico perto de casa.

O ônibus do projeto percorrerá as localidades de Vila Nova, Vila Raquel, Santo Antônio, Vila Matilde, Alto da Lagoa e Pedreira e oferecerá consultas médicas com um clínico geral.

Um profissional de enfermagem também atuará e serão também disponibilizadas orientações à comunidade, além da distribuição de medicamentos básicos.

“Vai ter o atendimento médico, a informação para os pacientes, vamos recolher algumas informações de carteirinhas uma vez por semana e fazer a vacina. Inicialmente vai ser três vezes por semana, meio período, à tarde”, comenta a secretária de Saúde, Jussara Kublinski.

Segundo ela, o projeto também é uma forma de atendimento voltado para a prevenção.

“A nossa maior preocupação hoje é a hipertensão e diabetes. Também é uma forma de prevenir epidemias, porque o ônibus vai estar no bairro e ver a carteira vacinal. Caso seja necessário, a equipe da epidemiologia vai estar lá para fazer a vacina”, disse Jussara.

Ônibus

Como todo atendimento será feito em um ônibus,  o veículo foi readequado para facilitar o trabalho dos profissionais.

“Esse projeto veio de uma criação minha de um ônibus que nós tínhamos e não estava sendo usado. Como ele é todo equipado com ar condicionado, água, armários, eu resolvi dar uma geral nele e criar esse projeto de Saúde nos Bairros”, explica.

O projeto Saúde nos Bairros será todas as segundas, quartas e sextas-feiras conforme cronograma pré-definido pela Secretaria de Saúde, sempre no período da tarde.

“Estamos planejando para que ele fique no bairro de cada 15 dias, sempre nos mesmos dias”, finaliza a secretária.

Texto: Da Redação/ Hoje Centro Sul

Fotos: Jonas Stefanechen/ Hoje Centro Sul

Galeria de Fotos