facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1171 - Já nas bancas!
04/10/2019

Editorial - Elas no comando

Editorial - Elas no comando

Para complementar a renda, muitas mulheres fazem pequenos negócios informais em casa. Vendem roupas, fazem penteados, se tornam manicures, fazem uma costura ou outra para sob encomenda, e tantos outros pequenos serviços.

No entanto, nos últimos tempos, muitas mulheres têm feito com que esses negócios se tornem a principal renda da família, trazendo ainda a essa mulher a independência financeira.

E isso pode ganhar um empurrão no Paraná, já que na última semana, o governo estadual lançou um programa que pretende dar subsídios em juros de financiamentos feitos por mulheres empreendedoras nas linhas crédito da Fomento Paraná.

O objetivo é incentivar mulheres a abrirem os seus negócios ou expandirem a empresa que já possuem. O processo para a obtenção tende a ser mais flexível e os baixos juros são atrativos para quem busca capital para melhorar seu negócio.

A atitude pode ser simples, mas tem poder de trazer um grande impacto na vida de algumas mulheres. Já é sabido que há dificuldades de mulheres se reinserirem no mercado de trabalho após a maternidade e que muitas ainda têm dificuldade de encontrar vagas em creches públicas em vários municípios paranaenses. O trabalho em casa, seja fazendo vendas, elaborando algum produto, ou até mesmo prestando um serviço, pode ajudar essa situação, trazendo renda e uma melhor qualidade de vida para a mulher e a família dela.

Além disso, a primeira fase do programa é voltada para mulheres que têm pequenos negócios. Nas eleições municipais de 2016, o Sebrae já alertava que os pequenos negócios são os que mais movimentam a economia. Para o governo estadual, ao movimentar essa economia local, os novos empreendimentos também podem ajudar a trazer mais postos de trabalho.

A expectativa com o programa é positiva e ele é muito bem recebido entre as empreendedoras. É uma chance a mais para que a mulher possa conseguir ganhar mais espaço na economia e no mercado de trabalho.