facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1163 - Já nas bancas!
08/07/2019

Samu em Irati: vereadores aprovam protocolo de intenções

Protocolo de intenções é aprovado em 1ª votação. Documento demonstra comprometimento do município em participar

Samu em Irati: vereadores aprovam protocolo de intenções

Após muito debate, os vereadores de Irati aprovaram em primeira votação o projeto nº 055/2019 que ratifica o Protocolo de Intenções assinado pelos prefeitos pretendentes da instalação do Samu na região da Amcespar e de outros municípios paranaenses.

Durante a votação, os vereadores demonstraram preocupações quanto ao custo da operação para Irati e disseram que durante a última semana deveriam tentar tirar as dúvidas com o Executivo.

Agora, o projeto deverá ir para a segunda votação na próxima terça-feira (09). Se aprovado, o município de Irati estará assinalando aos municípios da região que se compromete a participar da implantação do Samu na região.

Após todos os municípios da região aprovarem esse protocolo de intenções, os municípios irão se reunir em um consórcio. O Samu passa a funcionar na região apenas após a fase da habilitação, que é uma fase mais de documentação do serviço. Esta fase pode demorar de seis meses a um ano. O Samu se torna definitivo após a fase de qualificação.

Outros projetos

Na Ordem do Dia, também foi aprovado em segunda votação o projeto de lei nº 054/2019, que autoriza o Executivo a receber em reversão, imóvel que especifica. Também foram aprovados os projetos do Legislativo nº 013/2019 (Roni Surek), que denomina a Rua Projetada “11”, do Loteamento Village Solaris, de Rua João Aleixo;  nº 025/2019 (José Bodnar), concede Título de Cidadã Honorária do Município de Irati à Senhora Marcia Bueno Lourenço; nº 026/2019 (Roni Surek), denomina a Rua Projetada “09”, do Loteamento Lago Real, de Rua Mario Gomes de Araújo e o nº 027/2019 (Roni Surek), que denomina a Rua Projetada “3”, do Loteamento Vila Verde de Rua João Skleniarcz Malanski.

Também foram aprovados em primeira votação dos projetos do Legislativo nº 028/2019 (Roni Surek), declara de Utilidade Pública no Município o “Instituto Espiritualista Casa do Caminho – IESCO” e o nº 029/2019, que denomina ruas do Loteamento Village Solaris.

Da Redação/Hoje Centro Sul, com informações Assessoria CMI

Foto: Assessoria CMI