facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1178 - Já nas bancas!
28/06/2019

Irati integrará Programa Família Acolhedora a partir de julho

Irati integrará Programa Família Acolhedora a partir de julho

O município de Irati passará, a partir do mês de julho, a integrar o Programa Família Acolhedora, um sistema voltado para crianças e adolescentes afastados da família por medida de proteção e abrigados provisoriamente em residências de famílias acolhedoras, previamente cadastradas.

O evento faz parte da programação oficial do aniversário de 112 anos de Irati, e vai acontecer no dia 18 de julho, às 14h, na Câmara Municipal de Vereadores. Na oportunidade, haverá explanação detalhada do programa, pela palestrante Jane Valente, que coordena o Acolhimento Familiar no município de Campinas (SP), e autora do livro “Família Acolhedora: As Relações de Cuidado e de Proteção no Serviço de Acolhimento”, resultado da tese de doutorado na PUCSP 2013.

Para este dia, a Secretaria de Assistência Social de Irati, das 08h30 às 11h30, estará reunindo todos os seus trabalhadores que atuam no sistema de garantia de direitos de crianças e adolescentes, e também os conselheiros municipais, para uma formação com a profissional, voltada a Metodologias de Trabalho Social com Famílias.

Programa visa desenvolvimento saudável

O programa que atenderá Irati é um serviço tipificado como de alta complexidade sob responsabilidade da Secretaria de Assistência Social, que irá realizar o acolhimento provisório de crianças e adolescentes sob medida judicial em famílias acolhedoras, previamente habilitadas, que ofereçam condições para um desenvolvimento saudável, que contribuam para a formação da identidade da criança e adolescente e sua constituição como sujeito e cidadão.

Em resumo viabiliza cuidado e proteção, convivência em ambiente familiar e comunitário, até que seja possibilitado o retorno ao convívio com a família de origem, ou na sua impossibilidade, encaminhamento para adoção.

A secretária de Assistência Social, Sybil Dietrich, comenta que “o principal objetivo é fortalecer o atendimento da rede em nosso município, realizando um acolhimento responsável e condições favoráveis, uma vez que, focamos diretamente no retorno desses acolhidos para a família de origem, a qual terá possibilidades de crescimento e deixando assim de estar em estado de vulnerabilidade social”.

O que é

O Programa Família Acolhedora consiste em cadastrar e capacitar famílias da comunidade para receberem em suas casas, por um período determinado, crianças, adolescentes ou grupos de irmãos em situação de risco pessoal e social, dando-lhes acolhida, amparo, aceitação, amor e a possibilidade de convivência familiar e comunitária. A família de acolhimento representa a possibilidade de continuidade da convivência familiar em ambiente sadio para a criança ou adolescente.

Receber uma pessoa em acolhimento provisório não significa integrá-lo como filho. A família de apoio assume o papel de parceira no atendimento e na preparação para o retorno à família biológica ou substituta.

Toda a família acolhedora recebe, por seis meses, período determinado de uma adoção provisória, uma ajuda de custo de um salário mínimo. A maioria das crianças e adolescentes que participam do programa retornam aos seus lares, após o período de acolhimento em lares substitutos.

Cada família acolhedora deverá acolher uma criança/adolescente por vez, exceto quando se tratar de grupo de irmãos, quando esse número poderá ser ampliado. As famílias acolhedoras são selecionadas, capacitadas e acompanhadas pela equipe técnica da Secretaria de Assistência Social de Irati.

Texto/Foto: Assessoria PMI