facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1158 - Já nas bancas!
06/05/2019

Audiência apresentará Plano de Drenagem em Irati nessa segunda-feira dia 06

Audiência apresentará Plano de Drenagem em Irati nessa segunda-feira dia 06

Nessa segunda-feira 06 de maio, acontecerá uma Audiência Pública para apresentação do Plano Diretor de Drenagem Urbana (PDDU) de Irati.

O evento acontecerá a partir das 19h, na Câmara de Vereadores de Irati, à Rua Doutor Correia, 139, centro.

O PDDU Irati é um dos instrumentos de planejamento que vem se somar ao Plano Diretor Municipal,  e tem como objetivo conhecer a realidade territorial do uso do solo urbano, o comportamento dos corpos hídricos, inserindo nesse contexto, o estudo a partir das principais microbacias, e seu comportamento, as restrições ambientais, o zoneamento e o uso do solo  e as intercorrências com a drenagem natural e pluvial.

PPDU Irati irá abordar aspectos do menor ao maior custo

Com o plano de drenagem, a administração municipal dispõe de elementos técnicos para sua tomada de decisões, e através de medidas estruturais e não estruturais, reduzir os impactos de enchentes, inundações e enxurradas.

As medidas não estruturais e de menor custo consistem num trabalho de aprimoramento de institutos legais, educação ambiental e manutenções frequentes. Por sua vez, as medidas estruturais, consistem na realização de obras de engenharia e de maior custo como alargamento de pontes, reforço de redes de drenagem, bacias de acumulação e detenção, também a correção de leitos de rios e dragagem.

Considera-se ainda relevante a discussão e adoção de medidas que permeiam o plano de drenagem, a partir da revisão do uso e ocupação do solo, o tratamento da geração de águas pluviais na fonte, como integrantes das medidas que devem instrumentalizar o setor público no que tange a preocupação com as inundações.

A Audiência Pública de Apresentação do Plano Diretor de Drenagem Urbana de Irati será hoje dia 06 de maio, às 19h, na Câmara Municipal de Irati. Todos estão convidados.

Os documentos para download e consulta estão disponíveis no site oficial do município, em www.irati.pr.gov.br .

Abrangência do plano será entre 20 e 30 anos

A Ordem de Serviço do PDDU Irati é de 15 de maio de 2018, que é a data de referência de início dos serviços. No processo de planejamento da cidade, o Plano Diretor de Drenagem Urbana é fundamental para auxiliar o município a promover melhorias estruturais e não estruturais, visando reduzir os impactos negativos da ocorrência de chuvas intensas ou prolongadas que historicamente vêm causando na cidade.

O estudo deve considerar a condição natural e as características de suas bacias hidrográficas e cursos hídricos e o processo de ocupação urbana.

Com base na análise histórica, projeções de cenários e análise de prognósticos para a drenagem urbana, serão definidos planos, projetos, programas e ações para que sejam minimizados os danos de inundações na cidade de Irati, considerando as alternativas técnica e economicamente viáveis, considerando o horizonte do plano, que será entre 20 e 30 anos.

Objetivos

A finalidade do Plano Diretor de Drenagem Urbana da cidade de Irati é dotar a Prefeitura de subsídios que permitam reduzir os impactos das inundações no meio ambiente do quadro urbano e criar as condições para uma gestão sustentável da drenagem urbana.

O Plano será desenvolvido por equipe multidisciplinar da equipe da Ferma Engenharia Ltda., de Curitiba, com o apoio do corpo técnico da Prefeitura.

O Plano deverá ser fundamentado nos seguintes aspectos principais:

- Solução dos problemas de inundação da bacia do Rio das Antas e da bacia do Riozinho;

- Soluções integradas à paisagem e aos mecanismos de conservação do meio ambiente;

- Projetos com soluções economicamente viáveis que apresentem relações benefício/custo adequadas e prevejam os custos de investimentos;

- Excesso de escoamento superficial controlado na fonte, evitando a transferência para jusante do aumento do escoamento e da poluição urbana;

- Redução dos impactos, sobre o sistema de drenagem, provocados por novos empreendimentos e em desenvolvimento;

- Previsão dos impactos dos novos empreendimentos licenciados, que ainda não estão com as obras iniciadas.

O Plano deverá dar prioridade para o controle da impermeabilização, a restrição da ocupação de áreas de recarga, várzeas e áreas frágeis e áreas de preservação permanente, e de áreas com declividades acentuadas. Também deverá focar na implantação de dispositivos de infiltração ou reservatórios de amortecimento, ao invés de obras de aceleração e afastamento das águas pluviais (canalização).

O PDDU Irati ainda deve prever a institucionalização desses princípios incorporando-os na legislação municipal, em especial no Plano Diretor do Município que atualizou sua legislação, porém com demandas por respostas na área de uso e ocupação do solo e parcelamento.

O horizonte de planejamento será entre 20 e 30 anos, a partir da data de elaboração. As medidas não estruturais serão constituídas pelas posturas a serem incorporadas na legislação de uso e ocupação do solo, parcelamento do solo e medidas de gestão a serem implantadas.

As medidas estruturais referem-se às obras destinadas à redução do risco de inundações. Elas serão apresentadas na forma de anteprojetos de engenharia das soluções propostas para o Município.

O Plano deverá também propor ações de um Programa Municipal de Drenagem Urbana que conterá o orçamento estimativo das medidas de controle, a valoração dos benefícios, o cronograma físico financeiro, as correções da legislação de uso e ocupação e de parcelamento e além de outros elementos essenciais à consistência e à viabilidade do programa.  

Foto/Texto: Assessoria PMI