facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1119 - Já nas bancas!
28/02/2019

Escolas Municipais de Irati discutirão envelhecimento

Escolas Municipais de Irati discutirão envelhecimento

O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Irati abriu inscrições, neste dia 21, para projetos de captação de recursos, que serão deliberados para as escolas municipais discutirem o processo de envelhecimento. Os recursos financeiros serão viabilizados através do Fundo Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (FMDPI).

A secretária municipal de Assistência Social, Sybil Dietrich, destaca que a iniciativa é pioneira. “Essa deliberação de valores é inédita, assegurando que esse recurso seja um desencadeador para que as escolas municipais desenvolvam projetos para discutir envelhecimento”.

Fernanda Rocha Reda, coordenadora da Política Municipal da Pessoa Idosa, cita isso terá repercussão na qualidade de vida dos idosos.  “A deliberação de recursos através do Fundo Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa é inovadora por proporcionar condições para que a rede de ensino municipal consiga trabalhar questões que envolvem várias gerações diferentes (intergeracionalidade). É um processo inerente à qualidade de vida da pessoa idosa”, diz.

Estatuto do Idoso

A deliberação de recursos vem em sintonia com as normativas do Estatuto do Idoso, que prevê a obrigatoriedade de as escolas municipais trabalharem o processo de envelhecimento. Segue também o Plano de Ação de 2019, deliberado pelo CMDPI, que pontua como meta prioritária que a rede de ensino municipal desenvolva projetos para discutir envelhecimento.

Manter a autonomia e independência durante o processo de envelhecimento é uma meta fundamental para os sujeitos e as políticas públicas. Além disto, o envelhecimento ocorre dentro de um contexto que envolve outras pessoas – amigos, colegas de trabalho, vizinhos e membros da família. Esta é a razão pela qual interdependência e solidariedade entre gerações são princípios relevantes para o envelhecimento.

A qualidade de vida que as pessoas terão quando idosas depende não só dos riscos e oportunidades que experimentarem durante a vida, mas também da maneira como as gerações posteriores irão oferecer ajuda e apoio mútuos, quando necessário.

Inscrições

As inscrições de projetos podem ser feitas até o dia 01 de março nas dependências da Casa dos Conselhos Municipais. Maiores informações, entrar em contato com a Casa dos Conselhos Municipais, pelo telefone 3907 3151.

Texto: Da Redação/Hoje Centro Sul com informações de Assessoria PMI