facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1135 - Já nas bancas!
20/02/2019

Sandro Alex assume Secretaria de Infraestrutura com o desafio de resgatar a credibilidade da pasta

Sandro Alex assume Secretaria de Infraestrutura com o desafio de resgatar a credibilidade da pasta

O deputado federal Sandro Alex tomou posse nesta terça-feira (13) como secretário de Estado da Infraestrutura e Logística do Paraná e, na mesma cerimônia, João Alfredo Zampieri assumiu o cargo de diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER). Durante o evento, o governador Ratinho Júnior enfatizou que a Secretaria de Infraestrutura é primordial para o desenvolvimento social e econômico do Paraná, além de frisar o desafio que o novo secretário terá ao assumir a pasta.

“Ele topou o desafio de tocar uma Secretaria de Infraestrutura que hoje tem que ter resgatada a credibilidade. Existe uma investigação dentro da Secretaria de Infraestrutura, que é a maior investigação do Brasil, a Lava Jato, então se não tiver alguém linha dura, que tenha competência, que tenha pulso firme, uma equipe moderna, para resgatar a credibilidade, porque o maior ativo da nossa Secretaria de Infraestrutura são os seus servidores, é o histórico que os servidores do DER tem que ajudaram o estado a chegar até aqui”, disse o governador.

Ciente do trabalho que lhe tem pela frente, Sandro Alex afirmou: “A nossa responsabilidade é grande, de reconquistar a credibilidade do estado e colocar as máquinas na pista e realizar as obras que os paranaenses tanto anseiam”. Ele disse ainda que os recursos que têm sido economizados pelo governo estadual serão revertidos em projetos de infraestrutura. “O que era mordomia, o que era gasto, vai se transformar em duplicação, terceira faixa, investimentos em viadutos e trincheiras”, disse o secretário.

Para os próximos anos, o governo do estado tem grandes metas para a Secretaria, que deverá dar suporte ao crescimento do agronegócio e à industrialização. Para tanto, investimentos em rodovias, ferrovias, vários aeroportos regionais e portos estão nos planos.

“Eu tenho batido muito nesta tecla que o Paraná é o maior produtor de alimentos por metro quadrado do planeta. Nós somos um pedaço de terra de 2% do Brasil e nós produzimos 20% dos grãos, segunda maior bacia leiteira, maior produtor de proteína animal da América Latina, maior exportador de frango, enfim nós não estamos parando de crescer no agronegócio. E paralelamente a isto, o agronegócio tem se industrializado e nós temos buscado industrializar mais ainda nosso estado, e esta é uma missão do governo”, afirmou o Ratinho Júnior.

Ele disse que já entrou em contato com 40 grandes empresas do Brasil e do mundo nesse primeiro mês de governo e que algumas delas têm interesse em se instalar no estado.

“Então nós temos que preparar o Paraná para atender ou desovar toda esta produção que estamos tendo no campo e também toda esta produção que vamos ter na área industrial. E como é que se faz isso? Com infraestrutura”, afirmou.

O governador explicou que estão sendo reduzidos gastos para a criação de um fundo destinado a investimentos em projetos. Parcerias com o setor produtivo, como as cooperativas também estão sendo estruturadas. Caso elas financiem projetos para a melhoria da infraestrutura e os doem para o estado, o governo se compromete a buscar recursos junto a financiadores internacionais.

Texto: Letícia Torres/Hoje Centro Sul

Fotos: Ciro Ivatiuk/Hoje Centro Sul

Galeria de Fotos