facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1112 - Já nas bancas!
05/02/2019

Juliana Belinoski comenta as ações do período em foi prefeita de Teixeira Soares

Juliana Belinoski comenta as ações do período em foi prefeita de Teixeira Soares

Durante todo o mês de janeiro, Juliana Belinoski ocupou o cargo de prefeita de Teixeira Soares. Ela substituiu Lula Thomaz no comando da administração municipal e desenvolveu ações significativas, como resolver grande parte dos problemas que existiam nas estradas rurais, implementar a reposição salarial para o funcionalismo e dar continuidade às obras.

Juliana explica que devido às chuvas do período e a proximidade com a época de colheita de milho e soja, os serviços de manutenção das estradas rurais foram intensificados.  “Demos prioridade a alguns trechos de estradas, a gente fez o cascalhamentoe hoje, pontos críticos, de encalhadores, no município já não constam mais”, afirmou a prefeita interina. Ela comenta que ainda há vários serviços a serem feitosemestradas rurais, mas foram solucionados os problemas de pontos que impediam o trânsito. “No geral, em 70% do município a gente conseguiu trabalhar com cascalho e deixar sem pontos de encalhador”, diz.

E, ainda na área rural, teve continuidade o programa Porteira Adentro, que tem feito o atendimento aos agricultores, melhorando as estradas secundárias.

Na área urbana, ela cita que houve a canalização das águas das chuvas, com a execução de bueiros. Sobretudo para atender bairros onde havia casas sendo invadidas pelas enxurradas. “A gente está melhorando a questão de bueiros”, comentou.

Investimentos para a valorização do funcionalismo também são enfatizados por Juliana. “Outra coisa que me deixa muito tranquila e satisfeita também, é que a gente conseguiu fazer a reposição salarial neste mês de janeiro, sobre o índice do INPC [Índice Nacional de Preços ao Consumidor], 3,43% no quadro geraldos servidores, 4,17% para o magistério e sobre o piso nacional, e os nossos agentes comunitários, hoje vão receber um salário de R$ 1.269,00, e hoje o piso nacional gera em torno de R$ 1.250,00”, diz.

Ela conta que com a aplicação dos índices de correção aos salários dos servidores públicos, o município está investindo 50,39% para o pagamento de pessoal, e frisa que o percentual fica abaixo do limite prudencial estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, que é de 51,3%. A expectativa de Juliana é que a gestão consiga promover ainda o avanço na carreira dos servidores.

Transporte escolar

Teixeira Soares recebeu um novo ônibus para o transporte escolar nesta segunda-feira (28). Adquirido pelo Governo Federal, o veículo foi destinado ao município com por intermédio do deputado federal Sandro Alex, segundo a prefeita interina. 

Ela conta que outro veículo similar deverá ser enviado a Teixeira Soares antes do início do ano letivo, com o apoio do deputado Aliel Machado.

“Vamos melhorar algumas linhas, os ônibus que estavam mais velhos, mais defasados,a gente vai ter a troca pelos novos ônibus”, afirma Juliana. Ele comenta que atualmente, a maior parte do transporte escolar em Teixeira Soares é feita pelo município e há poucas linhas terceirizadas – ela cita as que atendem comunidades próximas ao assentamento Che Guevara.

Asfalto em Guaraúna pronto

Nas últimas semanas, foram concluídas as obras de pavimentação de ruas em Guaraúna. Foram investidos mais de R$ 600 mil em uma extensão de3.850,79 metros quadrados de pavimentação. As obras foram feitas com recursos federais, provenientes de uma emenda parlamentar do deputado Sandro Alex, além de contrapartida municipal.

Continuidade de obras

As obras de pavimentação continuam em andamento em Teixeira Soares. O calçamento de ruas do bairro Blumenau começou a ser feito nesta semana e está sendo realizado o processo licitatório para a construção de uma rotatória na rua Manuel Azevedo de Macedo e outra rotatória em frente a rodoviária.

Geração de empregos

Está se instalando no município, na Colônia Guaraúna ,a Central de tratamento de Valorização e Resíduos. A empresa deverá gerar em torno de 40 empregos. “Eles já estão fazendo a contratação desses empregos, fomentando junto com a Agência do Trabalhador. Era o que mais a gente temia, a questão do trabalho, e hoje, graças a Deus, as portas já começam a se abrir”, finaliza Juliana. 

Letícia Torres

Fotos: Divulgação

Galeria de Fotos