facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1126 - Já nas bancas!
21/12/2018

Política em Questão - Por Letícia Torres e Ciro Ivatiuk

Política em Questão - Por Letícia Torres e Ciro Ivatiuk

Todos os nomes do governador

Nesta semana, o governador eleito do Paraná Ratinho Júnior (PSD) divulgou que todos os nomes que irão compor o primeiro escalão de seu governo estão definidos. São eles: General Luiz Felipe Kraemer Carbonell – Secretário de Segurança Pública; Renato Feder – Secretário de Educação; Letícia Ferreira da Silva – Procuradora Geral do Estado; Chefe da Casa Civil – Guto Silva; Coronel Péricles de Matos (que é iratiense) – Comando Geral da Polícia Militar; Major Welby Pereira Sales – Chefe do Gabinete Militar da Governadoria; Hudson José – Secretário de Comunicação Social; Raul Siqueira – Controlador Geral do Estado; Allan Costa – Presidente da Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar); João Carlos Ortega – Secretário do Desenvolvimento Urbano; Daniel Pimentel Slaviero – Presidente da Companhia Paranaense de Energia (Copel); Luiz Fernando Garcia da Silva – Presidente da Administração Portuária dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA); Coronel João Alfredo Zampieri – Diretor Geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PR); Ney Leprevost – Secretário da Justiça, Família e Trabalho; Wilson Bley Lipski – Presidente do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE); Sandro Alex – Secretário de Infraestrutura e Logística; Valdemar Bernardo Jorge – Secretário de Planejamento. Esta equipe comandará os projetos para o desenvolvimento do Paraná entre 2019 e 2022.

 

Ordem do Pinheiro 

A governadora Cida Borghetti (PP) condecorou 81 personalidades com a Ordem Estadual do Pinheiro, na quarta-feira (19). Foram homenageados empresários, artistas, escritores, servidores públicos lideranças religiosas, médicos, lideranças políticas, expoentes dos esportes, do Poder Judiciário e profissionais de diversas áreas.  A entrega da Ordem do Pinheiro marca os 165 anos da Emancipação Política do Paraná. Um dos homenageados tem expressiva atuação em Irati e região, o superintendente do Hospital Erasto Gaertner, Adriano Rocha Lago. Ele foi um dos grandes defensores da instalação da Unidade do Erasto em Irati e que tem dado todo apoio para a ampliação dos serviços oferecidos no município.

 

Prêmio de Excelência Parlamentar

O deputado federal Sandro Alex (PSD) recebeu nesta semana o prêmio de Excelência Parlamentar pelo Ranking dos Políticos. Ele ficou entre os melhores parlamentares do país, na avaliação dos quatro anos de mandato, legislatura 2015-2018. O Ranking dos Políticos considerou os seguintes critérios: presença nas sessões plenárias; o quanto gasta da cota parlamentar (respeito ao dinheiro público); se é ficha limpa; e a qualidade legislativa, ou seja, como o deputado vota as principais leis, levando em conta o combate à corrupção, o fim dos privilégios e o melhor desempenho da máquina pública.  “Estar bem avaliado significa cumprir a minha obrigação com o país”, afirmou Sandro Alex, agradecendo aos paranaenses que lhe confiaram o voto.

 

Recesso forense

O Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) divulgou a Resolução nº 210, que dispõe sobre a suspensão do expediente forense no período de 20 de dezembro de 2018 a 06 de janeiro de 2019. Neste período ficam suspensos o expediente forense, os prazos processuais, salvo as hipóteses previstas em lei, a realização de audiências e sessões de julgamento, a publicação de acórdãos, sentenças e decisões no Diário Eletrônico, bem como a intimação de partes ou advogados, no âmbito do Poder Judiciário do Estado do Paraná.

 

Alvoroço

No dia 19, às vésperas do recesso do judiciário, uma liminar que permitia a soltura de todos os 169 mil presos condenados em segunda instância foi concedida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello. O advogado de cada um dos condenados deveria entrar com uma petição em juízo para que o preso fosse solto. Cerca de quarenta minutos após a decisão, os advogados do ex-presidente Lula (PT), preso desde abril, protocolaram o pedido de liberdade de Lula. Quanta eficiência desses advogados... Ou eles teriam informações privilegiadas? Lembrando que em uma grande cidade, em quarenta minutos sequer é possível se deslocar até a instância judiciária adequada, que dirá preparar o documento. Entretanto, o presidente do STF, Dias Tóffoli, tomou as rédeas da situação e suspendeu a liminar, também no dia 19. Com isso, nenhum dos 169 mil presos será solto. Nem mesmo Lula. Até porque já está marcada para o dia 10 de abril de 2019, a sessão plenária do STF que novamente discutirá o tema prisão de condenados em segunda instância.