facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1093 - Já nas bancas!
25/10/2018

Editorial - Vida plena e saudável

Editorial - Vida plena e saudável

Com uma rotina complexa, em uma corrida contra o tempo, que nos faz pensar que 24 horas são insuficientes para dar conta de tudo, o número de pessoas que vêm sofrendo com a ansiedade só têm crescido. No total, 18,6 milhões de brasileiros vivem com algum transtorno de ansiedade, segundo dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS).
Para piorar, os brasileiros estão levando esses índices para o alto. Nosso país tem a maior taxa de pessoas dentre os países do continente latino-americano que sobrem com a ansiedade. A faixa etária mais afetada varia entre 55 e 74 anos.
Não é difícil encontrar pessoas que são extremamente ansiosas e, na maioria das vezes, não sabem o motivo pelo qual estão assim. Ser ansioso é viver com medo do futuro, sofrer antecipadamente prevendo que algo ruim vá acontecer, preocupar-se com coisas desnecessárias e incertas.
Ansiedade dói na mente, dói no corpo. O peito fica apertado, dá a sensação de nó na garganta. Faz você pensar demais. Se pararmos para analisar todos os nossos pensamentos do dia, percebemos que a maioria deles são inúteis, repetitivos e de alguma forma, estão ligados ao medo e à incerteza do futuro. Esses pensamentos destrutivos nos tiram a paz, a alegria e o amor pelo momento atual. Isso acaba causando tristeza, insegurança, medo e angústia.
Porém, algumas atitudes podem ajudar a controlar a ansiedade. É necessário que ao surgimento de sintomas relacionado à ansiedade o indivíduo realize algumas mudanças, para que os sintomas não se agravem.

Uma das atitudes que um ansioso deve tomar é a de separar um tempo do seu dia ou da sua semana para se dedicar a si próprio, seja descansando, seja meditando, divertindo-se ou fazendo exercícios físicos. Recarregar as energias é crucial.
Outra atitude importante é manter o bom humor e pensar positivo. Nada atrai mais o baixo astral que a negatividade. Procure evitar os pensamentos negativos e as pessoas pessimistas que te colocam para baixo, prejudicando seu bom humor e sua autoestima. E quando o negativismo te atingir, busque pensar positivamente e aborte as preocupações, pelo menos por um instante.
Controlar os pensamentos é uma atitude importante. Há muitas circunstâncias, situações, que estão além do nosso controle. Ao invés de tentar mudar ou mesmo reclamar daquilo que não se consegue controlar, foque naquilo que realmente controla para poder reagir aos problemas que surgem.
Outra dica importante é: respire profundamente. Quando estiver se sentindo sobrecarregado, tenso ou ansioso, procure respirar profundamente e lentamente. Deixe o ar entrar em seu corpo enquanto você encontra em algum lugar tranquilo dentro de si mesmo. Meditar ou fazer yoga são outras opções para buscar o refúgio necessário em meio ao estresse. 
Testar e encontrar os meios para reorganizar os pensamentos e sentimentos é uma das maneiras para que cada um consiga ter uma vida saudável e plena.