facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1101 - Já nas bancas!
21/09/2018

TRE-PR julga últimos registros de candidatura

O prazo terminou nesta segunda-feira (17). No Paraná, dos dez candidatos ao governo do Paraná, apenas dois estavam com candidaturas pendentes nesta quinta-feira (20): Ogier Buchi (PSL) e Priscila Ebara (PCO)

TRE-PR julga últimos registros de candidatura

Terminou na segunda-feira (17) o prazo para que os registros dos candidatos às eleições de 2018 fossem julgados pelos Tribunais Regionais Eleitorais.

Dos dez candidatos ao governo do Paraná, apenas dois estão com candidaturas pendentes. No sistema DivulgaCandContas, onde são disponibilizadas todas as candidaturas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ainda estava pendente nesta quinta-feira (20) a confirmação da candidatura de Priscila Ebara (PCO), que aguarda julgamento.

A única impugnação registrada é do candidato Ogier Buchi (PSL) e de seu vice Dr. Caxias Ribas (Patriotas)  que tiveram suas candidaturas indeferidas, com recurso. Em sua página no Facebook, Ogier Buchi disse que não desistiria da candidatura e que entraria com recurso.

Foram aprovadas as candidaturas de Cida Borguetti (PP), Dr. Rosinha (PT), Geonisio Marinho (PRTB), João Arruda (MDB), Professor Ivan Bernardo (PSTU), Professor Jorge Bernardi (Rede), Professor Piva (PSOL) e Ratinho Junior (PSD).

As candidaturas de todos os vices também foram deferidas, exceto a vice na chapa de João Arruda, Professora Eliana Cortez (MDB), pelo motivo: ausência de requisito de registro. Ela recorreu da decisão.

Proporcionais

Ao todo, o Paraná teve 1.288 pedidos de candidaturas, sendo que 1.245 candidatos tiveram suas candidaturas aprovadas. 43 candidatos foram considerados inaptos.

Dos 15 pedidos de candidatura ao Senado apenas um foi indeferido. Roselaine Barroso Ferreira (Patriota) teve o pedido indeferido e entrou com recurso. O pedido de Beto Richa (PSDB) é o único que ainda aguarda julgamento.

Ao cargo de deputado federal, 450 candidaturas foram pedidas. 377 pedidos foram aprovados, um foi indeferido e outros 22 também foram indeferidos, mas os candidatos entraram com recurso. No entanto, o sistema do TSE ainda registra 34 candidatos com a situação pendente de julgamento. Outros 16 renunciaram.

Para deputados estaduais foram registrados 767 pedidos, sendo que 658 pedidos foram aprovados. Outros 46 pedidos ainda aguardam julgamento e 11 candidatos renunciaram. Há ainda uma candidatura registrada como “Não conhecimento do pedido”, que segundo o TSE, não será apreciado pelo juiz eleitoral.

Outros 41 pedidos foram indeferidos, mas os candidatos entraram com recurso. Já outros cinco foram indeferidos e não houve interposição de recurso até o fechamento desta edição. Também há cinco candidatos que tiveram o pedido de candidatura deferido com recurso, isto é, foram julgados regulares e deferidos, no entanto, houve interposição de recurso contra essa decisão, o que aguarda julgamento por instância superior.

Como ainda há recursos pendentes, o número total de candidaturas ainda pode mudar até o dia da eleição.

País

Mais de 29 mil pedidos de candidatura foram registrados no país, sendo que mais de 27 mil foram aprovados. 1.970 pedidos foram considerados inaptos.

Na última segunda-feira (17) também foi o último dia para os partidos e coligações solicitarem a substituição dos candidatos aos cargos majoritários. Agora a substituição só poderá ser feita em caso de falecimento.

Neste ano, os eleitores vão às urnas para escolher presidente, governador, senador e deputados federais e estaduais. A votação será no dia 7 de outubro.

 

Texto: Da Redação/Hoje Centro Sul

Foto: Divulgação

Galeria de Fotos