facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1093 - Já nas bancas!
08/08/2018

Política em Questão - Por Letícia Torres e Ciro Ivatiuk

Política em Questão - Por Letícia Torres e Ciro Ivatiuk

Ratinho Júnior virá a Irati quinta-feira

Ratinho Júnior (PSD) confirmou que estará em Irati na manhã desta quinta-feira (09). Ele será o primeiro dos dez candidatos que disputarão o governo do estado – considerando que todos os partidos ou coligações que indicaram nomes para a disputa durante as convenções partidárias registrem as candidaturas – a visitar o município.  Vários compromissos com junto a lideranças políticas fazem parte da agenda de Ratinho Júnior em Irati. 

 

Francischini fora da disputa ao Senado

Está oficialmente decidido que o deputado federal Fernando Francischini(PSL) desistiu de disputar uma vaga no Senado. A intenção do parlamentar, agora, seria disputar uma vaga na Assembleia Legislativa do Paraná. Como deputado estadual, seria um representante no estado caso Bolsonaro vença as eleições para presidente.

 

Na disputa

Continuam disputando uma vaga de senador pelo Paraná Beto Richa (PSDB), Alex Canzani (PTB), Roberto Requião (MDB), Nelton Friedrich (PDT), Renan da Mata (PSC), Oriovisto Guimarães (Podemos), Mirian Gonçalves (PT), Rodrigo Tomazi (PSOL), Jacqueline Parmigiani (PSOL), Rodrigo Reis (PRTB), José Maria Boni (PRTB), Flavio Arns (Rede), Luiz Adão (DC). Neste ano os paranaenses elegerão dois senadores, que entrarão no lugar de Gleisi Hoffmann (PT) e Roberto Requião (MDB), cujos mandatos encerram-se neste ano. Nas eleições 2018, Gleisi é candidata a deputada federal e Requião busca se reeleger.

 

Tempo de TV e rádio será suficiente para mudar cenário?

Na TV e no rádio, o tempo exclusivo para candidatos que irão disputar o governo do Paraná é de apenas 9 minutos no programa eleitoral gratuito, exibido nas segundas, quartas e sextas-feiras. O horário eleitoral terá início no dia 31 de agosto e terminará no dia 4 de outubro. Serão 37 dias de exibição da propaganda gratuita no rádio e na televisão. No Paraná, os principais candidatos terão os seguintes tempos: Cida Borghetti (PP), 2 minutos e 59 segundos; Ratinho Júnior (PSD), 2 minutos e 2 segundos; e João Arruda (MDB), 1 minuto e 50 segundos. Doutor Rosinha (PT) terá o quarto maior tempo, com 1 minuto e 11 segundos, seguido de Geonísio Marinho (PRTB), com 12,3 segundos; Professor Piva (PSOL), com 11,35 segundos; Ogier Buchi (PSL), com 11,35 segundos; e Jorge Bernardi (REDE), com 10,4 segundos, pois eles estão em uma chapa pura de partido na formação dos candidatos a governo e vice. Os candidatos Professor Ivan Bernardo (PSTU) e Priscila Ebara (PCO), cujos partidos não tem representantes na Câmara Federal, terão o tempo mínimo, distribuído igualitariamente. Cada um dos dois terá 6,6 segundos. Diante de tantos candidatos e tão pouco tempo quando se divide entre eles, o horário eleitoral realmente será suficiente para convencer e alterar a intenção de voto do eleitor?

 

Como é dividido o tempo

Este tempo foi formado considerando o número de deputados que cada partido da coligação que apoia o candidato a governador tem na Câmara Federal.  Isto representa 90% do tempo do programa, sendo que os outros 10% são distribuídos igualitariamente entre os demais candidatos. Este tempo final deverá ser homologado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) até o dia 24 de agosto se não houver mudanças nas coligações.

 

Candidatos de Irati

De Irati estão confirmados quatro candidatos a deputado estadual: Felipe Lucas (PPS), Odilon Burgath (PDT), Marcelinho Rodrigues (PP) e Rony Surek (PROS).

 

Galeria de Fotos