facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1064 - Já nas bancas!
28/06/2018

Polêmica

Polêmica

Antes conhecido como revelador de craques, o nome do tradicional Iraty Sport Club se vê mais uma vez envolvido em algum escândalo financeiro.

A crise financeira que abate o clube nos últimos anos só vem crescendo e ganhando ainda mais holofotes.  O Iraty já foi acusado de não pagar jogadores e o vai e vem de gestores nos últimos anos fez a credibilidade do clube ficar ainda pior perante a comunidade.

O último escândalo é de que o clube cobra para que jogadores treinem e joguem em categorias como o Sub 19. O fato não foi totalmente desmentido pelo gestor Pastor Márcio, que alega que o pagamento mensal não é obrigatório e sim uma contribuição do jogador para ajudar nos custos do clube.

Mesmo assim, o simples fato de que os jogadores precisam pagar para jogar e treinar é por si só revelador, mostrando que a situação financeira do clube é pior do que os iratienses imaginavam.

O presidente do Conselho Diretor afirmou publicamente que uma auditoria está sendo realizada e que deverá revelar a atual situação do clube. O ato é positivo, mas pode estar vindo muito tarde já que o clube pode ter perdido muito. A expectativa é que a auditoria possa responder as angústias da comunidade iratiense, que não entende como o clube está passando por dificuldades financeiras se possui o direito de receber valores de transações de jogadores revelados pelo Iraty, já que é o clube formador.

Além da auditoria, é necessária mais participação da comunidade para acompanhar e pressionar por resultados efetivos da auditoria. O processo de auditoria não é apenas para apontar culpados, mas sim, para esclarecer situações que ajudem o clube a encontrar uma saída para sua situação. Neste momento, também há a necessidade da participação dos sócios do clube, que por mais que sejam apenas da parte social, compartilham a razão social.

A situação do Iraty é delicada, assim como de muitos outros clubes brasileiros, até mesmo os maiores como o Internacional, que se viu em volta às denúncias de irregularidades no início deste mês. No entanto, é preciso participação da cidade para que o clube continue vivo e para que tenha esperanças que, no futuro, possa voltar a revelar novos talentos para o futebol brasileiro.