facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1055 - Já nas bancas!
29/05/2018

Indústria se recupera de forma lenta

Pesquisas da Confederação Nacional da Indústria (CNI) apontam recuperação lenta da economia

Indústria se recupera de forma lenta

Pesquisas realizadas pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) indicam que o setor industrial mostra sinais de recuperação da crise da econômica, mas ainda de forma muito lenta. Os últimos indicadores são de março e foram divulgados em um compilado elaborado pela CNI, que reúne as principais informações do setor.

Os números apontam um leve crescimento de 0,02% da utilização da capacidade instalada nas indústrias. O número de estoques também cresceu no primeiro trimestre, passando de 49,7% das indústrias com estoque efetivo-planejado para 50,6%.

No entanto, outros indicadores da indústria ainda possuem números negativos. Um deles é a queda de 2,5% no faturamento real. Nos empregos, houve queda de 0,2%.

Apesar disso, a pesquisa da CNI revela que houve aumento de 0,8% da massa salarial e aumento do rendimento real em 2%.

A recuperação lenta também é vista na pesquisa de Índice de Confiança do Empresário Industrial, que cresceu quando comparado com o mesmo período do ano passado (53,1%) para 56,7% em abril deste ano. O índice é próximo do que estava em setembro de 2011.

Texto: Karin Franco/Hoje Centro Sul