facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1080 - Já nas bancas!
14/05/2018

Faculdade Guairacá de Prudentópolis já terá vestibular em junho

Muito esperada pela população prudentopolitana, a Faculdade Guairacá se instalou na cidade e realizará o seu primeiro vestibular no dia 09 junho, com vagas para os cursos de Agronegócios, Administração e Educação Física

Faculdade Guairacá de Prudentópolis já terá vestibular em junho

Durante a Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Prudentópolis dessa terça-feira (08), uma placa comemorativa marcou a implantação da Faculdade Guairacá de Prudentópolis (FGP), que oferecerá três cursos de graduação no município já a partir do mês de julho.

A placa foi entregue pelo diretor geral da Faculdade Guairacá, Juarez Matias Soares, ao prefeito Adelmo Luiz Klosowski.   No ato de entrega, o diretor comentou: “A Sociedade de Educação Superior Guairacá Ltda sente-se honrada e dignificada com a oportunidade de implantar essa semente chamada Faculdade Guairacá de Prudentópolis. Essa é uma forma simbólica de reconhecimento pelos esforços de toda comunidade e das autoridades municipais para que esse sonho se tornasse realidade”.

Bastante animado com o início das atividades da instituição de ensino superior, o prefeito destacou os avanços que a Guairacá traz à comunidade. “Quando o projeto é bem intencionado tudo conspira a favor. A administração se preocupa muito com a educação, só temos a agradecer ao professor Soares, esse é um marco histórico para o município”, disse Adelmo.

No mês de junho a faculdade realizará o seu primeiro vestibular, no qual serão oferecidas vagas para os cursos de Agronegócios, Administração e Educação Física - bacharelado. “Agora é fazer o vestibular dia 9 de junho. Esperamos ser bem recebidos com o vestibular, que a gente tenha bastante procura. E no dia 23 de julho adentrarão os primeiros alunos da Faculdade Guairacá de Prudentópolis”, relata Juarez.

A Guairacá é considerada a primeira faculdade de Prudentópolis de ensino presencial, como explica o prefeito Adelmo. “É a primeira faculdade de Prudentópolis, existem outras de ensino a distância, mas presencial é a primeira de Prudentópolis, com CNPJ aqui, enraizada em Prudentópolis”, avalia.

Juarez reforça a explicação, destacando que a faculdade de Prudentópolis não tem nenhuma ligação com a de Guarapuava. “A instituição, ela não tem nada a ver com a outra instituição a não ser a experiência e a expertise que nós temos com a outra instituição, a Faculdade Guairacá, ela é de Prudentópolis, nasceu em Prudentópolis, com o DNA de Prudentópolis”, reitera.

O prefeito salienta a importância da faculdade instalada na cidade, pois muitos alunos precisam se deslocar todos os dias para outros municípios para estudar. “É muito importante, porque nós temos muitos jovens que diariamente se deslocam a outras cidades,até mesmo, muitas vezes vão para Guarapuava, uma estrada perigosa, esses jovens poderiam ficar aqui,”, diz.

Os primeiros cursos que serão ofertados foram escolhidos através de pesquisas, segundo o diretor geral da faculdade.Juarez cita que o curso de agronegócios foi escolhido pela necessidade de preparar melhor os produtores. Já o de administração é um curso que vinha sendo muito solicitado pelos moradores da cidade. O de educação física é um curso relacionado à saúde, seguimento que a Faculdade Guiracá tem atuação mais forte.

Futuro

A instituição de ensino deverá oferecer mais opções de cursos superiores nos próximos anos, segundo o prefeito. “O compromisso com a Faculdade Guairacá de Prudentópolis são 15 cursos em 10 anos.Então, provavelmente daqui dois ou três anos teremos Agronomia também em Prudentópolis. E daí sim, nós podemos atender, não só o município de Prudentópolis, mas os municípios vizinhos que são próximos”, relata Adelmo.

Além da oportunidade de estudo na cidade, a faculdade irá gerar mais empregos e renda. “Com certeza vai gerar emprego, os próprios professores, o professor Soares se comprometeu, em ir preparando alunos de Prudentópolis que já estão completando o curso em Guarapuava, pós-graduar esses alunos e usar professores de Prudentópolis. Isso vai movimentar todo o comércio, futuramente com alunos vindo de fora.Nós vamos ter os restaurantes com maior movimento, mercados, até a questão de apartamentos”, afirma o prefeito.

A unidade prudentopolitana funcionará nas antigas instalações do Colégio Santa Sofia, a qual foi remodelada e adaptada para sediar os cursos iniciais que serão oferecidos.

Texto: Da Redação/Hoje Centro Sul

Foto: Ciro Ivatiuk/Hoje Centro Sul

Galeria de Fotos