facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1050 - Já nas bancas!
11/05/2018

Reitor da Unicentro toma posse como conselheiro de Governo do Iesalc

Reitor da Unicentro toma posse como conselheiro de Governo do Iesalc

O reitor da Unicentro (Universidade Estadual do Centro-Oeste) e presidente da Abruem (Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais), professor Aldo Nelson Bona, agora é também um dos nove membros do Conselho de Governo do Iesalc, que é o Instituto Internacional para a Educação Superior na América Latina e no Caribe, um dos braços da Unesco, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. A posse de Bona e de outros dois conselheiros foi realizada nessa quinta-feira (3), no Rio de Janeiro.

O Conselho de Governo do Iesalc/Unesco é composto por nove membros. Desse total, seis são indicados pelos países membros, sendo um, necessariamente, da Venezuela – país onde localiza-se a sede do Instituto, na cidade de Caracas -, três de outros países da América Latina e dois oriundos do Caribe, adotando-se um sistema de revezamento para a participação das nações. Já os outros três membros são definidos pela direção-geral da Unesco, a partir de oito listas tríplices, cada uma elaborada e enviada por um dos países membros. Entre os 24 nomes apresentados, Audrey Azoulay, diretora-geral da Unesco, deferiu o nome do reitor da Unicentro e presidente da Abruem.

“Estar na lista tríplice brasileira, para mim, já era motivo de alegria e honra. A escolha pelo meu nome e a posse muito me orgulham. Mas, sobretudo, vejo como um engrandecimento, na medida em que é um reconhecimento da importância das instituições, tanto para a Abruem – Associação da qual sou presidente e fez minha indicação -, quanto para a Unicentro – Universidade pública, jovem, com menos de trinta anos, localizada no interior do Brasil e que, por sua qualidade e defesa do Ensino Superior como bem público, direito universal e dever do Estado, tem ganhado projeção nacional e internacional”, afirma Bona.

Dos três empossados nessa semana, apenas Bona assume o posto pela primeira vez e é indicação da Unesco. Os outros dois são representantes dos países membros – no caso, Venezuela e Honduras -, já eram membros do Conselho e foram reconduzidos aos cargos. Após a posse, os novos e os antigos conselheiros participaram de uma reunião. Inicialmente, foram definidos, entre os nove membros, o presidente e o vice, sendo que a presidência pela primeira vez foi ocupada por uma mulher, a brasileira Rossana Valéria de Souza e Silva, que é professora da Universidade de Brasília (UnB) e diretora-executiva do Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras.

Também estavam na pauta a organização da Cres 2018 (Conferência Regional de Educação Superior da América Latina e do Caribe), que ocorrerá em junho, na cidade argentina de Córdoba; e a apresentação do texto de revisão do Documento de Reconhecimento de Estudos, Títulos e Diplomas entre países latino-americanos e do Caribe, firmado ainda em 1974 pelos países membros, mas que nunca vigorou de fato.

Aldo Nelson Bona permanecerá no Conselho de Governo do Iesalc/Unesc até 2022, já que o mandato de cada conselheiro é de quatro anos. Os demais membros são Roberto Moreno Godoy, do Foro Guatemalteco de Reitores; Rossana de Souza e Silva, do Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras – ambos designados pela direção-geral da Unesco; RutiliaCalderon, de Honduras; Afonso Fuentes Soria, da Guatemala; Floyd Green Hon, da Jamaica; Ligia Melo Quezada, da República Dominicana; Andrew Augustine, de Granada; e LuisBonilla, da Venezuela.

Foto/Texto: Assessoria Unicentro