facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1062 - Já nas bancas!
18/04/2018

Presidente do Iraty comenta sobre nova gestão do clube

Presidente do Iraty comenta sobre nova gestão do clube

O Iraty Sport Club possui um novo gestor em seu departamento de futebol. Trata-se do médico Eduardo Bento Lopes, que recentemente também tinha assumido o Departamento Médico do clube de forma voluntária. Eduardo passou a ser gestor do Iraty após a saída deVirgílio Mendes e Adriano Kanaã.

Mesmo com poucas perspectivas de acesso, o clube busca um crescimento com a nova gestão, como comenta o presidente do Iraty, Cicero Xiru Gomes. “Nós convidamos ele para fazer parte do departamento médico do Iraty. Ele assumiu e começou a acompanhar o clube nessa qualidade de médico. Se interessou em gerir o clube, então foi encaminhado um documento e um novo contrato, onde o doutor Eduardo e o pastor Márcio Fagundes passam a serem os novos gestores do clube”, comentou.

Situação financeira                              

Há alguns anos, o clube está passando por problemas financeiros, com atrasos de salários e problemas com viagens. Um dos problemas recentes aconteceu no jogo contra a Portuguesa Londrinense, onde o time teve que ficar hospedado no alojamento do Arapongas e com jogadores tendo que levar seus próprios colchões.

O presidente Xiru comenta que o clube está investigando para ver se há algum déficit financeiro deixado pela gestão anterior. “Está sendo estudado junto com o Departamento Financeiro e eu não posso informar isso com exatidão, até porque existe uma lacuna: se esse déficit, se é que existe, é de responsabilidade do clube ou da antiga gestão”, argumentou.

Polêmicas

A passagem do antigo gestor, Adriano Kanaã, foi polêmica, com críticas da torcida a ele como treinador e gestor do clube. Xiru comenta:“Eu estou levantando junto com Departamento Jurídico o que são fatos e o que não são fatos, mas eu posso informar aos leitores que esses fatos estão sendo apurados. Eu não posso, nesse momento, falar qualquer coisa oficialmente, tendo até algum problema jurídico”, explicou.

Sem entrevista

No sábado (07), o Iraty perdeu para o PSTC, por 1 a 0, no estádio Ubirajara Medeiros, em Cornélio Procópio. Neste jogo, alguns jogadores recusaram a conversar com a imprensa por ordem da diretoria.

O presidente comentou que a decisão não partiu dele. “Eu quero colocar aqui - sem parecer com isso que estou me eximindo -, mas eu estava em viagem a caráter profissional. Uma vez que o serviço do clube não é remunerado, nós temos as nossas profissões paralelamente. Eu estava em viagem e não participei desse evento”, disse.

Segundo Xiru, ele não compartilha da decisão. “Eu disse para os diretores que não concordava com isso. Eu sempre tratei a imprensa com diplomacia, sempre considerei como uma via de duas mãos, e eu não concordei com o que foi feito, mas na minha ausência, foi tomada essa atitude e agora fica essa situação pendente no ar”, explicou.

No próximo compromisso do Iraty em casa, a imprensa já estará liberada para conversar com os atletas.

Violência

Recentemente, o atleta Paulinho foi vítima da violência durante o seu período de folga. Cerca de quatro torcedores, sem motivo, agrediram fisicamente o jogador.

Xiru disseque o clube não investiga a vida pessoal do atleta. “O Paulinho não estava convocado para jogar, ele estava suspenso. Nós temos um comportamento que a vida pessoal do jogador não é da nossa alçada. Não seria nem legal nós investigarmos a vida pessoal do jogador, uma vez que ele não está a serviço do clube. Quando um funcionário deixa o seu horário de trabalho, você não pode e nem deve se meter na vida pessoal dele. Como ele estava de folga, nós preferimos não entrar nessa área. Em verdade, fomos saber com ele o que tinha acontecido e prestar o atendimento necessário”, falou.

Texto: Da Redação/Hoje Centro Sul

Foto: Bruno Vivi/Hoje Centro Sul