facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1080 - Já nas bancas!
05/04/2018

Narguilé: bom ou ruim?

Narguilé: bom ou ruim?

 

De uso milenar, o narguilé se espalhou pelo mundo ao longo dos anos. Junto com os povos refugiados do oriente, foi trazido ao ocidente e espalhado entre diversas comunidades.Aos poucos, o uso do narguilé se tornou um hábito, especialmente entre amigos e família que se reúnem em volta do narguilé e batem longos papos.

O narguilé funciona como uma espécie de cachimbo com água, onde são colocadas essências saborizadas – que dão um cheiro e gosto –, sendo que fumaça passa pela água antes de sair pela mangueira, por onde é fumada a substância.

A popularização do narguilé tem aumentado recentemente, fazendo surgir diversas tabacarias especializadas e com espaços para o uso especifico do narguilé. Esse uso tem se espalhado principalmente entre os jovens que têm consumido a substância regularmente.

Foi a partir do conhecimento do consumo do narguilé por jovens nas praças públicas que vereadores de Prudentópolis aprovaram na última semana a proibição do uso do narguilé em vias públicas.A proibição gerou repercussão nas redes sociais, principalmente com os jovens. Para os vereadores que propuseram a proibição, a justificativa é que havia preocupação com a saúde de quem consome o produto.

A preocupação tem fundamento já que os órgãos de saúde e médicos confirmam que o uso prolongado do narguilé pode trazer diversas doenças respiratórias e até câncer de pulmão. Como é usado em longas sessões, os órgãos de saúde afirmam que o narguilé pode trazer um consumo maior de nicotina e que a água do narguilé não filtraria a nicotina do tabaco usado.

As consequências do uso do narguilé são conhecidas e o uso é equivalente ao uso do cigarro, tanto que a venda também é proibida para menores de idade. Isto é, assim como o cigarro de nicotina e as bebidas alcoólicas, o narguilé é considerado uma droga lícita – possui seus riscos para a saúde, mas o uso é permitido para maiores de idade.

Isso é importante de ressaltar. O uso é para maiores de idade. O uso para menores de idade é proibido. Se ocorre, é porque houve alguma pessoa com mais de 18 anos que permitiu esse uso. O que acontece é que quem usa, sabe o que está usando, entende os riscos, mas prefere usar mesmo assim. No caso dos menores de idade, eles sabem os riscos, mas muitas vezes os pais estão desinformados e acabam deixando com que eles usem o narguilé. É importante que os pais estejam atentos ao que os filhos estão usando, avaliar o que julgam bom ou ruim, e então, transpor isso para a educação deles.

Em geral, o uso precisa ser responsável e todos precisam estar conscientes que assim como o cigarro e o álcool, o narguilé também é uma droga com uso permitido, mas que pode terriscos.