facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1080 - Já nas bancas!
15/03/2018

Morador reclama de sujeira em construção abandonada

Morador reclama de sujeira em construção abandonada

Um morador do Nhapindazal, que não quis se identificar, reclamou do mato existente uma construção abandonada localizada na Avenida Virgílio Moreira, próximo a uma das saídas de Irati.

Segundo ele, a construção traz riscos para a região, já que pode ser um local onde talvez haja foco de dengue. Ele afirma que já procurou a Vigilância Sanitária e prefeitura, onde fez um protocolo, mas não obteve resposta.

Segundo o fiscal de obras da Secretaria de Arquitetura, Engenharia e Urbanismo, Sandro Márcio Ferreira, a limpeza é dever do proprietário do terreno. Em casos de construções abandonadas, vale o mesmo do que para os terrenos baldios. “A prefeitura notifica o proprietário. Ele tem o prazo de 30 dias. Se não limpar, ele pagará uma multa”, relata.

O fiscal relata que muitos proprietários acabam deixando para a prefeitura arcar com a limpeza. No entanto, há insuficiência de pessoal e orçamento para atender a demanda.

Texto: Da Redação/Hoje Centro Sul

Foto: Karin Franco/Hoje Centro Sul