facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1080 - Já nas bancas!
07/02/2018

Atletas de Irati são selecionados para jogar o Campeonato Catarinense

Peneirada realizada pelo Vasco da Gama e pelo Operário de Mafra, em Ponta Grossa, na última semana

Atletas de Irati são selecionados para jogar o Campeonato Catarinense

No último sábado (27) aconteceu em Ponta Grossa uma peneirada realizada pelos times do Vasco do Gama e pelo Operário de Mafra. Cinco atletas de Irati foram selecionados para disputar o Campeonato Catarinense nessa temporada.

O treinador Christian Korevar, que acompanhou a formação desses atletas, comenta qual é o sentimento nesse momento. “Para mim é gratificante. Nós começamos esse trabalho em junho de 2010. Começamos esse trabalho na base. Esses meninos são da geração 2001-2002. Eles treinam comigo desde o Sub-9, e hoje eles já estão no Sub-17. Vários deles já tem um currículo extenso. Três deles já fazem parte do Iraty Sport Club nas categorias de base, dois deles já treinam no Operário,” disse.

Christian conta que orienta os meninos para que entendam que mesmo com toda a expectativa no futebol, eles precisam sempre manter os pés no chão. “Futebol é momento. A gente tem que viver cada momento, aproveitar cada um deles. Eu confio bastante no potencial que eles têm, pelo fato que eles têm dedicação, não faltam treinamentos, tem uma bagagem de competições em nível estadual muito grande, então eu acredito que com o potencial deles, eles vão longe”, diz.

Os meninos aprovados no teste também falaram sobre o sentimento de ter passado em uma peneirada.“É muita felicidade. A gente começou aqui com cinco anos em time de bairro e passar em uma peneira e poder jogar um campeonato de alto nível como o catarinense é muita felicidade”, falou LeonardoPrécoma, de 15 anos.

O atleta Gustavo Velozo, de 16 anos,também comenta a conquista. “O sentimento é de felicidade. Foi a primeira peneira que eu fiz e de ter passado nessa primeira peneira foi uma emoção enorme. Eu espero que o decorrer do ano do Catarinense eu me destaque e vá para um clube mais forte”, disse.

A experiência é a mesma para o atleta Jean Roos . “O sentimento é de muita alegria. Foi o primeiro teste que eu fiz, e os meus pais me influenciam bastante para fazer teste, então estou bem contente”, disse.

O atleta Eduardo Camargo, de 15 anos, enfatiza que está no mundo do esporte desde os cinco anos. “O sentimento é de muita felicidade. Não adianta só treinar, fazer teste também é importante para poder ver a capacidade, ver se a gente está podendo jogar mesmo ou não”, falou.

O atleta Roger dos Santos de 15 anos também explicou um pouco sobre ter dado início a realização de um sonho. “Eu estou muito feliz. É o que eu sempre quis. Desde os cinco anos, treino, jogo, é o que eu quero para a minha vida, e fico muito feliz em poder passar”, conta. 

Texto: Da Redação/Hoje Centro Sul

Foto: Thainá Ferreira/Hoje Centro Sul

Galeria de Fotos