facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1041 - Já nas bancas!
30/01/2018

Tudo que você precisa saber sobre o Enem e como e onde ele pode ser útil

Tudo que você precisa saber sobre o Enem e como e onde ele pode ser útil

Criado no ano de 1998, o Enem era inicialmente uma avaliação de desempenho dos estudantes de escolas públicas e particulares do Ensino Médio. Porém, desde o ano 2009, o Enem agregou outra função ao seu currículo: tornou-se também uma avaliação que seleciona estudantes de todo o país para instituições federais de ensino superior e para programas do Governo Federal, como o Sisu, Prouni e Fies.

Esses programas facilitam a vida de quem sempre sonhou em estudar em universidade pública ou precisa daquela força do governo para pagar a mensalidade da universidade particular. Se esse for o seu caso, você precisa fazer o Enem.

Para facilitar o entendimento das vantagens que o aluno obtém ao fazer o Enem, selecionamos nove benefícios para que o aluno fique informado e possa realizar o exame com todas as suas dúvidas sanadas.

Use sua nota do Enem para:

Entrar em universidades públicas pelo SISU

Em todos os semestres do ano, universidades federais e estaduais disponibilizam milhares de vagas para candidatos selecionados em função de seu desempenho no Enem por meio do SISU (Sistema de Seleção Unificada), do Governo Federal.

Para participar da seleção do SISU é necessário ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano anterior com uma nota acima de zero na redação.

A vantagem principal é tentar uma vaga em universidade pública sem precisar passar pelo vestibular. Outra vantagem é poder concorrer a vagas em todo o território nacional, sem precisar fazer prova em cada uma das universidades.

A inscrição é realizada na internet e durante só alguns dias o aluno pode alterar o curso escolhido e o local que deseja estudar. A seleção funciona como um leilão: quem tem a melhor nota fica com a vaga.

Entrar em um curso técnico pelo Sisutec

O Sisutec (Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica) é um processo seletivo realizado semestralmente. Dependendo do seu resultado do Enem, você pode conquistar vagas para cursos técnicos em instituições públicas e privadas de educação profissional e tecnológica.

Conseguir bolsas de estudo pelo Prouni

A nota obtida no Enem serve como critério de classificação para o Prouni (Programa Universidade para Todos). Quanto maior a nota, maiores as chances de se obter o benefício.

O Prouni é um programa do Governo Federal que oferece bolsas de estudo de 50% a 100% em faculdades privadas. Para concorrer, os candidatos têm de comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até três salários mínimos.

O processo de seleção é igual ao SISU,a única diferença é que essas bolsas são disponibilizadas  em faculdades privadas.

Para conquistar um financiamento da faculdade pelo Fies

O Enem também é indispensável para conseguir o financiamento da sua faculdade pelo FIES (Fundo de Financiamento Estudantil). É preciso obter média igual ou superior a 450 no Enem e não ter zerado a redação.

Neste ano o FIESestá diferente. Com a nova regra, os descontos das prestações do financiamento serão feitos assim que o aluno terminar a faculdade e no valor máximo de 10% da renda mensal.

O financiamento também foi dividido em três opções. A primeira modalidade do novo FIES é sem juros e destinado somente para alunos com renda per capita familiar de até três salários mínimos. O aluno começa a pagar as prestações com parcelas de no máximo 10% da renda mensal. A previsão é de oferecer 100 mil vagas em 2018.

Já na segunda opção do novo FIES, a taxa de juros é de 3%. É destinado para alunos com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos. Este financiamento é voltado para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

O terceiro modelo é o Pravaler, desenvolvido em parceria com as empresas privadas que já oferecem financiamento estudantil no país. Optando pelo Pravaler, o aluno pode financiar atéa juro zero, dependendo da faculdade que escolher. O programa é voltado para estudantes com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos. A previsão é de ofertar 60 mil vagas.

O Pravaler é exclusivo para ensino superior e possibilita o pagamento das mensalidades de forma parcelada. Após aquisição, o Pravaler quita o valor contratado do semestre para a instituição de ensino e o aluno realiza o pagamento das parcelas diretamente ao Pravaler.

Assim como o SISU e o Prouni, o FIES realiza a seleção através da internet, onde os candidatos disputam o financiamento através das notas mais altas, ficando assim com as melhores opções os alunos com a melhor nota.

Para entrar na universidade sem prestar vestibular

Muitas faculdades e universidades particulares aceitam a nota do Enem para ingresso na instituição, isentando o candidato da necessidade de prestar o vestibular. O aluno só precisa ir até a faculdade e verificar se ela aceita a nota do Enem para ingresso imediato no curso de sua preferência. Se a faculdade aceitar, é só realizar a matrícula.

Para estudar em uma universidade em Portugal

Imagine poder estudar em Portugal, fazer aquele curso tão sonhado e ainda ter a vivência internacional. Isso é possível para quem faz o Enem.

 O desempenho no Enem é aceito como critério de seleção para ingresso em 27 universidades de Portugal. Instituições como a Universidade de Coimbra, o Instituto Politécnico do Porto e a Universidade de Lisboa participam do convênio.

Para fazer um intercâmbio internacional pelo Ciência sem Fronteiras

Já pensou em estudar no exterior com uma bolsa de estudos do governo? Para se candidatar a uma vaga no Programa Ciência sem Fronteiras é exigido que o aluno tenha obtido pelo menos 600 pontos no Enem, considerando os testes aplicados a partir de 2009.

Para conquistar uma vaga no programa Idiomas sem Fronteiras

Você sabia que o Governo Federal tem um programa de incentivo ao aprendizado de línguas estrangeiras? Por meiodo Idiomas sem Fronteiras, são oferecidas vagas para cursos a distância e presenciais de francês, espanhol, inglês, italiano, alemão e japonês. Para participar dos processos de seleção é exigido que o candidato tenha feito Enem a partir de 2010 e que tenha obtido média igual ou superior a 600 pontos, incluindo a redação.

Para ajudar na sua vida profissional

Se você vai se inscrever para vagas de emprego nas quais precisará trocar e-mails, conversar com clientes de diversos níveis, trabalhar com contratos e análise de documentos, coloque sua nota como uma observação em seu currículo ou fale a respeito do seu desempenho durante o processo seletivo. Esse pode ser o diferencial que colocará você à frente dos concorrentes. Já se sua candidatura for para vagas que envolvam raciocínio lógico, uso de gráficos, análises técnicas, números e mais números, é hora de valorizar sua boa nota, também colocando no currículo ou falando a respeito disso no processo seletivo.

Atenção para o calendário

Agora que já sabe todas as vantagens, já está preparado para concorrer às vagas? Preste atenção na agenda para não perder a oportunidade de fazer uma faculdade de forma gratuita ou paga depois que se formar.

Atenção para o calendário:

SISU- As inscrições do SISU iniciaram no dia 23 de janeiro e vão até esta sexta-feira (26). O resultado sairá no dia 29 de janeiro e os alunos que não passarem em primeira chamada poderão participar da lista de espera que inicia no dia 29 de janeiro e vai até 7 de fevereiro. As matrículas devem ser realizadas entre os dias 30 de janeiro a 07 de fevereiro na instituição de ensino em que o aluno foi inscrito e aprovado. Já a convocação dos alunos aprovados na lista de espera sairá no dia 09 de fevereiro

Prouni- As inscriçõespara o processo seletivo do Prouni, referente ao 1° semestre de 2018, estarão abertas no período de 6 de fevereiro de 2018 até às 23 horas e 23 minutos do dia 9 de fevereiro.

FIES- As inscrições para o FIES poderão ser feitas entre 19 e 23 de fevereiro. Serão oferecidas 310 mil vagas.

Enem - Para os interessados que não realizaram o Enem no ano de 2017, a inscrição para o Enem de 2018 está prevista para sair no dia 07 a 18 de maio. As provas serão realizadas nos dias 4 e 11 de novembro.

Texto/Foto: Silmara Andrade/Hoje Centro Sul

Galeria de Fotos