facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1013 - Já nas bancas!
08/12/2017

Mais de 7 mil iratienses precisam fazer recadastramento biométrico

Eleitores de Irati e Inácio Martins tem menos de dez dias para fazer o recadastramento biométrico.

Mais de 7 mil iratienses precisam fazer recadastramento biométrico

Mais de 7 mil eleitores iratienses ainda precisam fazer o recadastramento. O dado foi revelado durante uma reunião na manhã desta segunda-feira (04) no Fórum Eleitoral de Irati.

Dos 43.830 eleitores de Irati, pouco mais de 82% já fizeram o recadastramento. Ainda faltam 7.500 eleitores para realizar o procedimento. Em Inácio Martins, município de abrangência do Cartório Eleitoral de Irati, o recadastramento biométrico já alcançou 87% dos eleitores. Dos 8.080 eleitores martinenses, ainda faltam recadastrar cerca de mil eleitores. O recadastramento termina no dia 15 de dezembro.

O juiz auxiliar de biometria do Tribunal Regional de Eleitoral, Marcelo Quentin, avaliou positivamente os números de Irati durante a reunião. “O Tribunal Regional Eleitoral está muito feliz com o resultado de Irati. Já estamos com quase 90% total de eleitores revisados. É um número muito expressivo. Isso denota o trabalho da equipe da Justiça Eleitoral daqui de Irati, o trabalho da juíza, o trabalho da imprensa e a ajuda dos prefeitos dos dois municípios, Irati e Inácio Martins”, disse.

O juiz também ressaltou o aumento de alistamento de jovens na Comarca de Irati, através do aumento do número de novos títulos eleitorais. “Isso é muito importante, não só para o jovem começar na política, nas escolhas do Estado, até mesmo para ajudar o município a ter mais dinheiro, porque o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) é baseado no número de eleitores, além do que todos já ouviram falar que o prefeito ou o vereador foram à Brasília tentar uma emenda parlamentar para transferir recursos para o município. A barganha para isso se faz com o número de eleitores. Quanto maior o número de eleitores numa cidade, mais poder de barganha sua cidade tem”, relata.

Apesar dos números positivos, o juiz alertou que Irati está entrando na reta final da biometria e que ainda é necessária a participação da população no recadastramento. Ele também destacou as consequências de não realizar o recadastramento como o cancelamento do título, que pode acarretar em perda de benefícios sociais e a possibilidade de não participação no pleito do próximo ano. “Com o título cancelado, você não conseguirá votar em 2018. Você terá que esperar terminar a eleição para tentar regularizar a situação”, destacou.

Presenças                                                                                                                                             

Entre as autoridades presentes na reunião estavam a juíza da 34ª Zona Eleitoral, Mitzy de Lima Santos, o prefeito de Inácio Martins, Junior Benato e o prefeito de Irati, Jorge Derbli.

Atendimento

O atendimento para recadastramento biométrico para eleitores de Inácio Martins e Irati está sendo realizado no Cartório Eleitoral de Irati, localizado na Rua João Stoklos, n° 200, centro de Irati. O atendimento ocorre de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 18h.

Quem realiza o agendamento pela internet consegue ser atendido até as 18h30. Para realizar o agendamento online é necessário ir ao site do Tribunal Regional Eleitoral (http://www.tre-pr.jus.br) e procurar a opção “Agendar Biometria” localizado no menu à esquerda da tela.

Texto/Foto: Karin Franco/Hoje Centro Sul

Galeria de Fotos