facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1010 - Já nas bancas!
27/11/2017

Irati terá curso para assistência a crianças em situação de violações de direitos

Irati terá curso para assistência a crianças em situação de violações de direitos

Nos dias 13 e 14 de dezembro acontecerá em Irati um curso de formação continuada para os atores do Sistema de Garantia de Direitos, no que diz respeito a abordagem com crianças e adolescentes em situação de violações de direitos, em especial, a violência sexual.

O público alvo são os profissionais que atuam em órgãos públicos e instituições não governamentais de atendimento a crianças e adolescentes.

O curso será realizado na Associação dos Servidores Públicos Municipais de Irati (ASPMI), com carga horária de 16 horas. As vagas são limitadas. Maiores informações pelo telefone 3907 3104.

Formação continuada visa garantia de direitos

O curso irá focar a abordagem com crianças e adolescentes em situação de violações de direitos, em especial, a violência sexual.

O objetivo é a formação continuada para os atores do sistema de garantia de direitos do município de Irati. O número de participantes está limitado a 150 pessoas.

Carga horária é de 16h e o curso acontecerá nos dias 13 e 14 de dezembro, das 08h às 11h30 e das 13h às 17h30, na ASPMI.

A promoção é do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), com apoio da Prefeitura de Irati, através da Secretaria Municipal de Assistência Social e Rede de Proteção às Pessoas em Situação de Violência.

Inscrições vão até dia 09

As inscrições para o curso são gratuitas e vão até o dia 09/12, pelo e-mail rededeprotecaoirati@gmail.com .

Nos dois dias de capacitação, os participantes acompanharão a explanação de diversas temáticas como identificação das principais violações de direitos contra crianças e adolescentes associando cada uma delas ao tipo penal específico, aprimoramento dos fluxos de encaminhamento da rede, análise de casos concretos de violência sexual contra crianças e adolescentes e a atuação multidisciplinar e interinstitucional dos profissionais do sistema de garantia de direitos.

Também serão abordados a escuta especializada e do depoimento especial conforme a Lei 13.431/2017, a análise do Guia de Entrevista Forense segundo o Instituto Nacional de Saúde da Criança e Desenvolvimento Humano, formulários de entrevistas pelo serviço social e psicologia através da metodologia LACRI e auxiliares linguísticos e dicas para facilitar na abordagem com crianças e adolescentes em situação de violações de direitos, em especial, a violência sexual.

A ministrante será Maria Leolina Cunha, que preside um Centro de Estudos, é analista comportamental, integrante do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente do Paraná, advogada especialista na defesa dos direitos de crianças e adolescentes vítimas de violência e trabalha como consultora na área do enfrentamento da violência contra crianças e adolescentes para várias instituições governamentais, não governamentais e internacionais.

Texto: Assessoria PMI