facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1010 - Já nas bancas!
09/10/2017

Política em Questão - Por Letícia Torres e Ciro Ivatiuk

Política em Questão - Por Letícia Torres e Ciro Ivatiuk

Prefeitos da região pleiteiam recursos em Brasília

Termina no dia 20 de outubro o prazo para que os deputados federais apresentem emendas individuais. Além disso, as negociações entre o governo Temer e os parlamentares para a liberação de recursos estão a todo vapor. Considerando estes dois fatos, vários prefeitos da região estiveram em Brasília nesta semana. Dentre eles, o prefeito de Inácio Martins, Junior Benato (PSD), o prefeito de Prudentópolis, Adelmo Klosowski (PSDB) e o prefeito de Rio Azul, Rodrigo Solda (PSDB).     

Junior Benato visita Ricardo Barros

Além de visitar os parlamentares, o prefeito de Inácio Martins, Júnior Benato (PSD), esteve com o Ministro da Saúde, Ricardo Barros, em Brasília. A audiência foi nesta quinta-feira (05) e o prefeito solicitou recursos para a aquisição de ambulâncias e outros veículos para o setor de saúde. Também pediu que Inácio Martins receba mais profissionais do Programa Mais Médicos.

Nova mudança temporária

Em Irati, nova mudança temporária ocorreu na Secretaria Municipal de Saúde. O secretário interino de Saúde deixou de ser o vice-prefeito Amilton Komnitski (PSD). O medido Ariel Komnitski, filho de Amilton foi nomeado para o cargo.  Ele será o secretário interino até que saia o afastamento definitivo de Magali de Camargo da 4ª Regional de Saúde e ela possa ser nomeada. Na prática, Magali já está se dedicando ao trabalho em prol da saúde pública de Irati.

Sandro Alex vota conta o fundo partidário

O deputado federal Sandro Alex (PSD) votou contra o Projeto de Lei aprovado pela Câmara Federal, por 223 contra 209 votos, que cria o fundo público para financiamento de campanhas. O ‘fundão’, como está sendo chamado, prevê um montante de R$ 1,7 bilhão para bancar as campanhas de políticos para 2018. Número que ainda poderá aumentar até o pleito. “A aprovação de um fundo com dinheiro público sem dúvida dá razão para a população quando reclama que o Legislativo está virado de costas para a sociedade brasileira. Não tem qualquer fundamento, nada que justifique esse absurdo”, declara Sandro.

FGTS para custear o FIES

Está em discussão na Câmara Federal a reforma do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES). Os deputados sugeriram 278 modificações, dentre elas, uma que possibilita a utilização do FGTS para pagar dívidas do FIES. O ministro da educação, Mendonça Filho, é favorável ao uso do FGTS para este fim.  A votação do parecer está prevista para a próxima semana. Além de permitir o resgate do FGTS para pagamento do FIES, o relatório aumenta para R$ 3 bilhões o aporte de recursos do Tesouro Nacional ao programa de financiamento.

Segurança das rodovias paranaenses

Nesta semana, uma audiência pública ocorreu em Curitiba para discutir a segurança nas rodovias pedagiadas do Paraná. Proposta pelo deputado estadual Hussein Bakri (PSD) a audiência reuniu todas as concessionárias do estado, autoridades ligadas ao trânsito e demais órgãos. O debate foi proposto devido a vários acidentes que acontecem nas rodovias, em especial na BR-277, próximo a Campo Largo.

Plebisul terá ponto de votação em Irati

O Movimento O Sul é o Meu País fará uma consulta popular neste sábado (07), denominado Plebisul. Trata-se de um plebiscito questionando o interesse das pessoas pela separação do Sul dos demais estados brasileiros. “Queres que Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul formem um estado independente?”  Este é o questionamento do Plebisul, que terá um ponto de votação em Irati, que será na esquina da Rua Dr. Munhoz da Rocha com a Rua XV de Julho.